InícioNOTÍCIASColunista não consegue compreender o que é e qual o papel do...

Colunista não consegue compreender o que é e qual o papel do Sindicato dos Jornalistas

O colunista Cacau Menezes, da RBS, confunde ou não tem capacidade para compreender o que é e o que faz o SJSC. Hoje (24/06), na edição do Diário Catarinense, ao escrever mais uma vez sobre o diploma para exercer o jornalismo, ele confundiu novamente o Sindicato dos Jornalistas – uma entidade de classe representativa e defensora dos trabalhadores – com outras entidades que desempenham outros papéis na área da comunicação. Nesse caso atual, com a Associação Catarinense de Imprensa (ACI).

Ele aponta como presidente do SJSC, seu “querido amigo” Ademir Arnon de Oliveira e pergunta se ele “se formou jornalista e pegou seu cobiçado diploma em qual universidade?”. Cabe a nós esclarecer que a ACI tem também profissionais da imprensa como seus associados, mas que a entidade não é representativa dos interesses de classe, das lutas trabalhistas dos jornalistas.

E, ainda em resposta ao colunista, o dirigente da ACI não se formou em jornalismo. Ele tem um registro precário, adquirido em 2002, logo após a decisão de uma juíza-substituta que abriu brecha para que qualquer pessoa pudesse solicitar ao Ministério de Trabalho esse tipo de registro.

Brecha essa que abriu a possibilidade de registro até a analfabetos, aqueles que usam o polegar para confirmar a assinatura. Essa questão, por sinal, nos leva a uma outra nota do colunista, publicada no DC de 21 de junho, em que afirma que “o último analfabeto que conseguiu enganar nesta profissão de “pessoas superiores” foi este seu criado, que teve se contentar fazendo coluna, algo que os jornalistas de verdade sempre desprezaram”.

O erro do colunista, mais um sobre os jornalistas por formação, seria evitado se fizesse uma rápida pesquisa no site do Sindicato ou não fosse tão apressado em dar a informação.

Enquanto continuam os ataques dos adversários da categoria, os trabalhadores-jornalistas mantêm a luta por seus direitos e em defesa da profissão.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios