quarta-feira, dezembro 7, 2022
InícioNOTÍCIASNa hora de destinar o imposto sindical, faça a opção pelo SJSC

Na hora de destinar o imposto sindical, faça a opção pelo SJSC

Está chegando ao final o prazo para fazer o recolhimento em folha do Imposto Sindical, que corresponde à remuneração de um dia normal de trabalho. Muitos empregadores, de maneira arbitrária e sem consultar o funcionário, vinculam o recolhimento a sindicatos alheios à sua categoria. De acordo com o presidente do SJSC, Valmor Fritsche, como esta contribuição é obrigatória por força de lei, é importante que os jornalistas façam a opção pelo sindicato da categoria. “Dessa forma, parte deste recurso será destinado ao SJSC e ajudará a viabilizar ações em benefício dos jornalistas”, pondera.

Um exemplo de recolhimento para sindicatos alheios à categoria aconteceu com a jornalista Camila Rodrigues, de Florianópolis. Ela foi conferir e observou que a sua parcela do imposto seria destinada ao Sindicato dos Trabalhadores no Comércio, entidade cadastrada para o desconto em folha de pagamento. “Procurei a empresa para saber a destinação da minha parte do imposto, porque eu queria contribuir para o Sindicato dos Jornalistas. Então, me informei junto ao SJSC quanto aos procedimentos para solicitar a mudança. Foi bem simples e consegui resolver rápido”, conta.

FREELANCER

De acordo com a legislação, a contribuição deve ser descontada pelos empregadores na folha de pagamento de março de cada ano. Jornalistas admitidos no mês de março terão o desconto relativo ao imposto sindical no mês subsequente ao do início do trabalho. Os profissionais que trabalham como freelancer devem descontar o imposto sindical com base no piso da categoria, no valor equivalente a 1/30, que corresponde a R$ 53,33, a ser recolhido no mês de fevereiro.

Tal contribuição deve ser distribuída, na forma da lei, aos sindicatos, federações, confederações e à “Conta Especial Emprego e Salário”, administrada pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Do que é recolhido 60% vão para os Sindicatos, 15% para as Federações, 10% para o MTE, 10% para as Centrais Sindicais e 5% para as confederações de trabalhadores.

COMO FAZER

Os jornalistas têm até o fechamento da folha de pagamento deste mês da empresa que trabalha para destinar o imposto ao Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina. Basta seguir alguns passos:

1 – Preencha uma declaração simples (veja modelo) em duas vias;

2 – Assine e solicite a assinatura da empresa ou entidade empregadora;

3 – Entregue uma via para a empresa e guarde a outra para futuras comprovações.

4 – Observe o prazo para regularização, que deve ser feita até meados de fevereiro, uma vez que o desconto do imposto ocorre em março;

5 – Caso algum empregador se recuse a aceitar a sua escolha, entre em contato com o SJSC.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios