terça-feira, dezembro 6, 2022
InícioNOTÍCIASPatrões propõem aumento real ZERO para jornalistas

Patrões propõem aumento real ZERO para jornalistas

20150520134111 (1)
Comissão de Negociação do SJSC. Da esquerda para direita, os diretores Renan Antunes de Oliveira, Leonel Camasão, a advogada Andreza Prado, o presidente Aderbal Filho e o assessor do Dieese José Álvaro.

Reajuste salarial pelo INPC (8,3407%), manutenção das cláusulas da Convenção Coletiva em vigor e nada de aumento real. Esta foi a contraproposta patronal à pauta de reivindicações dos jornalistas em Santa Catarina, apresentada na rodada de negociação desta quarta-feira (20/05), na sede do SJSC. Os representantes dos jornalistas consideraram a contraproposta insuficiente e reivindicaram do Sindicato das Empresas Proprietárias de Jornais e Revistas a reconsideração da proposta, incluindo avanços em cláusulas econômicas e sociais.

Nesta segunda rodada de negociações, a representação patronal (Ronaldo Roratto, presidente do Sindejor/SC, Ary dos Santos/RBS, Beto Mansur/Adjori e Edson Tanello/RIC/ND) agarrou-se ao argumento da crise econômica e de dificuldades das empresas para justificar a proposta de aumento real zero.

Os negociadores do SJSC, no entanto, contra-argumentaram, apresentando alguns dados econômicos do setor como a ampliação dos lucros do Grupo RBS, que aumentaram quase 20% em relação ao ano passado; o fato de SC ter a menor taxa de desemprego do país e ainda, uma renda per capita maior do que os vizinhos Rio Grande do Sul e Paraná.

Buscando avançar no diálogo e atingir o objetivo de uma rápida negociação visando o acordo, contudo, os representantes dos jornalistas concordaram em apresentar destaques entre as 64 cláusulas da pauta da categoria para aprofundamento do debate. Nova rodada de negociações ficou agendada para o dia 2 de junho.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios