InícioAÇÃO SINDICALJornalistas aprovam pauta de reivindicações

Jornalistas aprovam pauta de reivindicações

bananaCom o lema Informação não é banana, jornalista também não!, o Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina deu início a campanha de negociação coletiva da categoria. A lista de reivindicações, aprovada em assembleia geral nesta terça-feira (19/04) foi enviada para o Sindicato das Empresas Proprietárias de Jornais e Revistas de SC (Sindejor) e ao Sindicato das Empresas de Radiodifusão e Televisão de SC (Sert-SC). O documento entregue aos empresários foi aprovado após uma rodada de visitas às principais redações do Estado, distribuídas em 11 cidades diferentes.

Veja a pauta completa

Galeria de Imagens – Visitas às redações de SC

A pauta de reivindicações contém 65 cláusulas. As principais demandas são a reposição das perdas da inflação, mais 5% de aumento real para todos os salários; isonomia salarial entre homens e mulheres; ampliação do auxílio educação infantil; correto enquadramento funcional dos empregados, em especial, nas emissoras de televisão, e ainda, maior valorização das horas extras. O Sindicato também solicitou audiência com o Ministério do Trabalho para garantir as negociações. A primeira reunião de negociação será no dia 28 de abril, na sede da Secretaria Regional do Trabalho e Emprego, em Florianópolis.

Por onde o Sindicato passou?

O Sindicato dos Jornalistas visitou mais de 20 redações em 11 cidades de Santa Catarina. A divulgação da campanha de negociação coletiva ocorreu nos jornais A Notícia e Notícias do Dia (Joinville); Jornal de Santa Catarina (Blumenau); Diarinho e Sol Diário (Itajaí); Diário da Manhã, Diário de Notícias e Jornal da Manhã (Criciúma); Correio Lageano (Lages); Diário do Alto Vale (Rio do Sul); Diário do Iguaçu e Folha de Chapecó (Chapecó), Folha Sete (Seara), além das redações do Diário Catarinense, Hora de Santa Catarina e Notícias do Dia, em Florianópolis.Nas emissoras de rádio e TV, os diretores do SJSC visitaram as redações da RBS TV e RIC-Record em municípios como Florianópolis, Joinville, Blumenau, Chapecó e Itajaí. O Sindicato também esteve presente no SBT Santa Catarina, em Lages e em Florianópolis, e em outras rádios do grupo SCC, como a CBN Lages e a Clube Rádio.

Sindicato barrado na Band

O vice-presidente do SJSC, Renan Antunes de Oliveira, foi barrado na portaria da Band-SC em Florianópolis. A empresa passa por sérias dificuldades financeiras e já atrasou salários em cinco oportunidades desde julho do ano passado. A Band ainda é alvo de um inquérito movido pelo Ministério Público do Trabalho, a partir de denúncia do Sindicato dos Jornalistas, questionando os atrasos e o enquadramento irregular de profissionais de jornalismo como radialistas.

 

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios