InícioNOTÍCIASEntidades solicitam audiência com governo federal sobre desaparecimento de repórter e indigenista...

Entidades solicitam audiência com governo federal sobre desaparecimento de repórter e indigenista no AM

Entidades e organizações dedicadas à proteção e defesa da liberdade de expressão e de imprensa no Brasil encaminharam, nesta terça-feira (07/06), um pedido de audiência urgente com o governo brasileiro para discutir o desaparecimento do jornalista inglês Dom Phillips e do indigenista Bruno Araújo Pereira, no Vale do Javari, no Amazonas, que faz fronteira com o Peru.

As entidades enviaram ofício aos ministros da Justiça e Segurança Pública, Anderson Gustavo Torres, e da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, expressando apreensão com as buscas lentas e a falta de informações sobre o caso.

O documento é assinado por 11 organizações: Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), Associação dos Correspondentes da Imprensa Estrangeira no Brasil (ACIE), Associação de Jornalismo Digital (Ajor), Artigo 19, Comitê para a Proteção dos Jornalistas (CPJ), Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC), Instituto Tornavoz, Instituto Vladimir Herzog, Intervozes e Repórteres sem Fronteiras (RSF).

O jornalista Dom Phillips é repórter investigativo e tem artigos publicados nos jornais The Guardian, Financial Times, Washington Post, New York Times, Intercept, entre outros. Viajava com estrutura adequada e compatível com as necessidades, acompanhado de Bruno Araújo Pereira, indigenista e profundo conhecedor da região, que trabalhara como coordenador regional da Funai em Atalaia do Norte. Pereira, entretanto, assim como a União das Organizações Indígenas do Vale do Javari (Univaja), já havia recebido ameaças de pescadores locais. Participava de um projeto de vigilância de aldeias contra exploradores e narcotraficantes numa área cobiçada por mineradoras e petroleiras.

“Até a noite de 6.jun.2022, as informações divulgadas pela imprensa tratavam de um operativo limitado para as buscas de Bruno Araújo Pereira e Dom Phillips no local”, dizem as organizações, no pedido enviado. “Requeremos que seja concedida prioridade e urgência nas missões de busca de Bruno Araújo Pereira e Dom Phillips, e também que o governo brasileiro receba as organizações para uma audiência emergencial, em que informações sobre o andamento das buscas possam ser compartilhadas e atualizadas”, completam.

Com informações da Abraji

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios