InícioAÇÃO SINDICALFENAJ e Sindicatos promovem Dia Nacional de Luta pela Vacinação dos jornalistas...

FENAJ e Sindicatos promovem Dia Nacional de Luta pela Vacinação dos jornalistas contra a Covid-19

Entidades convocam a categoria a ir trabalhar de azul, ocupar as redes sociais e ampliar a coleta de assinaturas ao manifesto que será entregue ao Ministério da Saúde

A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) e os Sindicatos da categoria em todo o Brasil promovem, na próxima quarta-feira (9/06), o Dia Nacional de Luta pela Vacinação dos Jornalistas. O objetivo é reforçar as ações pela inclusão dos profissionais da mídia entre os grupos prioritários de imunização contra a Covid-19, uma vez que os operários e operárias da notícia estão na linha de frente, cobrindo a pandemia do coronavírus.

A FENAJ e os Sindicatos filiados estão realizando diversas ações para vacinar os jornalistas, cujos serviços foram considerados essenciais desde o primeiro decreto federal sobre a pandemia. Entre as iniciativas em curso está a coleta de assinaturas em um manifesto nacional pela imunização. Até o momento, mais de seis mil pessoas aderiram ao manifesto. O Dia Nacional de Luta pela Vacinação dos Jornalistas quer ampliar o total de assinaturas.

As entidades sindicais também vêm realizando diálogos com os governos estaduais, as prefeituras municipais, deputados estaduais e federais para tentar a inclusão dos jornalistas no Plano Nacional de Imunização (PNI) a partir de gestões desses entes políticos junto ao Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Em outra frente, a FENAJ e os Sindicatos estão mobilizando os senadores para quando o PL que estabelece a inclusão de categorias no PNI, aprovado na Câmara dos Deputados, seja emendado quando chegar ao Senado.

Mobilização nas redes sociais

Para reforçar todas as iniciativas em andamento, a FENAJ convoca os trabalhadores para que se vistam de azul, na próxima quarta-feira, postem as fotos em suas redes e marquem a Federação, os sindicatos e o Ministério da Saúde, responsável por definir as categorias prioritárias para a vacinação, com as hashtags #VacinaAImprensa #VacinaParaJornalistas #VacinaJá.

A partir das 10h da próxima quarta-feira, inicia-se o tuitaço e instagramaço da categoria, com o objetivo de chamar a atenção da população em geral para a necessidade de vacinação dos trabalhadores da mídia. Também foi disponibilizado um avatar pedindo a vacinação dos jornalistas.

Alguns estados – Maranhão, Bahia e Mato Grosso – já autorizaram a inclusão dos jornalistas da linha de frente nos grupos prioritários, mas a decisão enfrenta resistência do Ministério da Saúde e, em alguns casos, do Ministério Público e da Justiça. “Diante da situação, queremos mobilizar não só as e os jornalistas, mas toda a sociedade, uma vez que são os profissionais da mídia que estão mantendo a população informada sobre a pandemia, suas consequências sociais e econômicas, as medidas sanitárias e a vacinação”, afirma a presidenta da FENAJ, Maria José Braga.

Doença mata mais de um jornalista por dia

Conforme o último relatório divulgado pelo Departamento de Saúde e Previdência da Federação, o novo coronavírus já matou 224 jornalistas, desde o começo da pandemia até o momento. Segundo outras fontes, a Covid-19 mata mais de um jornalista por dia na América Latina, região onde a pandemia é mais fatal para a imprensa. O Brasil é o segundo nesse ranking, atrás apenas apenas do Peru.

Confira as atividades propostas para o Dia Nacional de Luta pela Vacinação dos Jornalistas

7h30 – Manifestações em frente às Secretarias Estaduais de Saúde (cartazes e faixas com a reivindicação e frases com justificativas, que também podem ser espalhadas por outras localidades).

8h às 12h – Carros de som circulando em áreas estratégicas.

10h – Twitaço/instagramaço.

14h – Pressão nas redes sociais do Ministério da Saúde, dos governos estaduais, secretários e parlamentares.

19h – Live transmitida pela FENAJ e pelos Sindicatos em rede.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios