InícioNOTÍCIASJornalistas fazem hoje mobilização em defesa do diploma e do piso salarial...

Jornalistas fazem hoje mobilização em defesa do diploma e do piso salarial nacional

Sindicatos de jornalistas de todo o país promovem nesta quarta-feira, 30 de maio, atividades em defesa de um piso salarial nacional para a categoria. À tarde, em Brasília, dirigentes da FENAJ e de entidades sindicais estaduais concentram-se no Salão Verde da Câmara dos Deputados para o lançamento da Frente Parlamentar em Defesa do Piso Nacional dos Jornalistas, previsto no Projeto de Lei 2960/2011, do deputado federal André Moura (PSC/SE). Segundo a proposta, o piso será fixado num valor equivalente a seis salários mínimos (R$ 3.732,00).

MOBILIZAÇÃO

Aqui no estado, a partir das 16h, diretores do SJSC participam de uma mobilização na Assembleia Legislativa de Santa Catarina para defender a aprovação do piso nacional e buscar o apoio dos parlamentares catarinenses ao projeto apresentado em Brasília.

Na avaliação do presidente do SJSC, Valmor Fritsche, o PL 2960/2011 valoriza uma profissão que tem papel fundamental na sustentação da democracia e na garantia da liberdade de expressão. “Um salário digno contribui para valorizar os jornalistas e também para melhorar as suas condições de trabalho”, observa Valmor. “O país que protege seus jornalistas da exploração e da violência está em melhores condições de preservar sua saúde civil, melhorar a qualidade da informação jornalística e garantir o direito da população à informação”.

A diretoria do Sindicato dos Jornalistas entende que esta não é uma luta corporativa, mas sim de toda a sociedade brasileira, uma vez que a organização da profissão e a defesa da dignidade dos jornalistas atende também o interesse público da democratização da comunicação. Para o SJSC, o fim da precarização das relações de trabalho, o cumprimento do Código de Ética dos Jornalistas e a garantia da segurança no exercício da profissão contribuem decisivamente para a liberdade de imprensa.

PEC DO DIPLOMA

Também nesta quarta-feira, 30, existe a possibilidade de que a PEC 33/2009 (que restabelece a exigência do diploma de Jornalismo para o exercício da profissão) seja votada em segundo turno no Senado. As entidades representativas dos jornalistas cobram das lideranças da Casa o compromisso firmado – e ainda não cumprido – de votação da PEC 33 no início de 2012.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios