0,00 BRL

Nenhum produto no carrinho.

Gilmar Mendes é salvo pelo gongo de grande protesto em Santa Catarina

Salvo pelo gongo. A expressão pode ser bem aplicada ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, o ministro que vinha e não virá a Florianópolis na noite de hoje. O algoz dos jornalistas, o “letrado” para quem jornalista, cozinheiro e costureiro é tudo a mesma coisa, escapou de uma grande manifestação que ocorreria na capital catarinense. Manifestações, por sinal, constantes em cada cidade que ele passa após comprar briga com os jornalistas.

Sua agenda previa hoje, às 19h30, a participação em uma aula magna na UFSC com o tema “A importância do Poder Judiciário para o desenvolvimento da democracia no Brasil”. Mas, a mesma agenda desmarcada, impediu que dezenas de jornalistas e estudantes de jornalismo fossem até a reitoria da UFSC para mostrar o descontentamento com a decisão do STF em derrubar o diploma. O Sindicato já estava organizado em todo o Estado para reunir a categoria em Florianópolis, mas não foi dessa vez que o ministro apareceu.

Não seja por isso: está prevista a vinda de Gilmar Mendes em outra data e nesse dia ou noite a categoria irá bem recepcioná-lo; como está ocorrendo em todo o País a cada viagem do presidente do Supremo. O fato comum nesses encontros em que os jornalistas não são convidados e até proibidos de aparecer, é que os protestos se avolumam e a segurança nos locais não consegue evitar abordagens e constrangimentos ao ministro. Em todas as suas peregrinações se viu obrigado a ouvir as reclamações da categoria.

Não foi hoje o encontro dos jornalistas catarinenses com o presidente do STF, mas não faltará oportunidade para essa conversa pública.

Matérias semelhantes

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais lidas

%d blogueiros gostam disto: