quarta-feira, dezembro 7, 2022
InícioNOTÍCIASEleições Fenaj - Chapa 1 intensifica campanha em SC

Eleições Fenaj – Chapa 1 intensifica campanha em SC

Para “Virar o Jogo, em defesa do Jornalismo e do Jornalista”

Desde os últimos dias 3 e 4 de junho, a Chapa 1 “Virar o Jogo! Em defesa do Jornalismo e do Jornalista” intensificou, em Santa Catarina, a campanha para a eleição da FENAJ, que acontece de 27 a 29 de julho. Visitas dos candidatos a locais de trabalho e um jantar de adesão compuseram a agenda de atividades no “feriadão” do início de junho. Desde lá, o Comitê Catarinense da Chapa prossegue com a campanha entregando material de divulgação e enviando seu folder específico via e-mail. E em 17 de junho, participou do Dia Nacional de Luta pela volta do diploma.

Os candidatos Celso Schröder ( Presidente), Valci Zuculoto (2ª tesoureira), José Nunes (vice presidente Sul) e Sérgio Murillo de Andrade (Departamento de Relações Institucionais), nos dias 3 e 4, cumpriram uma desafiadora agenda em um “feriadão” em Florianópolis. Visitaram, na quinta-feira, a redação do Jornal Notícias do Dia. Logo depois, conversaram com os colegas que atuam nas emissoras de TV e Rádio do Grupo RBS.

Na RBS, o clima frio e chuvoso do dia 3 foi compensado com uma calorosa receptividade dos colegas de profissão. Como a direção da empresa esqueceu-se de informar sobre a visita agendada previamente, o pessoal da Portaria barrou a entrada dos candidatos da Chapa 1. Mas vários jornalistas se deslocaram de seus postos de trabalho para receber os sindicalistas. Viabilizada a entrada posteriormente, os candidatos foram até as redações, apresentaram suas propostas e convocaram todos a fortalecer a organização sindical da categoria e participar da eleição.

Na noite de quinta-feira, um jantar por adesão no Restaurante Fedoca, à beira-mar, contou com a participação de mais de 50 apoiadores. Em seu discurso, Celso Schröder destacou o quadro de incertezas em que vive a categoria, com a exploração e precarização das relações de trabalho, principalmente após a decisão do STF que extinguiu a exigência do diploma para o exercício da profissão.

“Mas nós já enfrentamos períodos piores, como nos tempos da ditadura, e nossa luta contribuiu para a redemocratização do país”, registrou Schröder, emendando que a ação coletiva – fortalecendo o Sindicato dos Jornalistas de SC e a FENAJ – é o caminho para novas vitórias. Disposto a dar continuidade ao trabalho da atual direção da Federação, arrancou aplausos ao sentenciar que “vamos continuar a luta pela dignificação da profissão com a aprovação das PECs que restabelecem o diploma e com avanços na democratização no Brasil batalhando pela implementação das resoluções da 1ª Confecom”, e ao convocar os jornalistas a participarem da eleição que acontece em julho. A agenda de campanha em Florianópolis completou-se no dia seguinte com uma visita ao jornal Diário Catarinense, do Grupo RBS, onde vários setores da redação pararam para ouvir e conversar com os candidatos.

No dia 17 de junho, os candidatos que representam SC na Chapa 1 e os apoiadores se integram às atividades do Dia Nacional de Luta pela volta da exigência do diploma para o exercício do Jornalismo, convocado pela FENAJ em todo o país. Valci Zuculoto participou da manifestação programada pelo Sindicato na esquina democrática, no centro de Florianópolis, das 14h às 16h. Sérgio Murillo, como atual presidente da FENAJ, esteve no ato nacional, chamado pela Federação para a frente da ABI, no Rio de Janeiro, juntamente com as candidatas Chapa 1 do município do RJ.

A coordenação do Comitê Catarinense Pró Chapa 1, integrada pelos colegas apoiadores Aderbal Filho (debafilho@gmail.com ), Tânia Machado e Celso Vicenzi, nos próximos dias deve definir mais atividades de campanha tanto para capital como para outras cidades do estado. Entre em contato com os coordenadores e faça sugestões de ações em Santa Catarina. Também visite o site www.virarojogo.com.br e deixe lá sua manifestação de apoio à Chapa 1.

Veja, abaixo, a nominata completa da Chapa 1 “Virar o Jogo – Em defesa do Jornalismo e do Jornalismo” e algumas das principais propostas do nosso programa.
EXECUTIVA
Presidência – Celso Schröder (RS)
1ª Vice – Maria José Braga (GO)
2ª Vice – Suzana Blass (MRJ)
Secretaria Geral – Guto Camargo (SP)
1ª secretaria – Antônio Paulo Santos (AM)
Tesouraria – Déborah Lima (CE)
2ª Tesouraria – Valci Zuculoto (SC)
1ª Suplência – Sheila Faro (PA)
2ª Suplência – José Carlos Torves (RS)

VICE PRESIDÊNCIAS REGIONAIS
Vice Centro-Oeste – Luiz Carlos Luciano (Dourados)
Vice Sul – José Nunes (RS)
Vice Sudeste – Márcia Quintanilha (SP)
Vice Nordeste I – Rafael Freire (PB)
Vice Nordeste II – Marjorie Moura (BA)
Vice Norte I – Jane Vasconcelos (AC)
Vice Norte II – Volney Oliveira (AP)

DEPARTAMENTOS
DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL
Carmen Pereira (MRJ)
César Wanderley (AM)
Patrícia Bandeira de Melo (PE)

DEPARTAMENTO DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS
Beth Costa (MRJ)
Sérgio Murillo de Andrade (SC)
Luiz Spada (GO)

DEPARTAMENTO DE MOBILIZAÇÃO, NEGOCIAÇÃO SALARIAL E DIREITO AUTORAL
Sônia Regina Gomes (MRJ)
Valdice Gomes (AL)
Osnaldo Moraes (PE)

DEPARTAMENTO DE CULTURA E EVENTOS
Nelly Carlos (RN)
Ângela Marinho (CE)
José Gilvan da Costa (RR)

DEPARTAMENTO DE MOBILIZAÇÃO EM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
Douglas Dantas (ES)
Júnior Veras (TO)
Flávio Peixoto (AL)

DEPARTAMENTO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS
Ayoub Ayoub (LD)
Claylson Martins (CE)
Alcimir Carmo (SP)

DEPARTAMENTO DE MOBILIZAÇÃO DOS JORNALISTAS DE PRODUÇÃO E IMAGEM
André Freire (SP)
Luiz Vaz (RS)
Milton Alves (MG)

DEPARTAMENTO DE SAÚDE E PREVIDÊNCIA
Regina Maria Ferreira de Oliveira (BA)
Gláucia Regina Loriato do Nascimento (ES)
Lúcia Figueiredo (PB)

CONSELHO FISCAL
Carlos Fernandez (MG)
Edson Verber da Silva (PB)
Luiz Carlos de Oliveira Silva (PI)

A Chapa 1 apoia para a Comissão Nacional de Ética:
Regina Deliberai (MT)
Júlio Tarnowski Júnior (PR)
Rossini Barreira (PE)
Suzana Tatagiba ( ES)
Gerson Martins (MS)

Algumas de nossas propostas:
Intensificar a luta pela criação do Piso Nacional dos Jornalistas e em defesa da regulamentação da profissão;
Ampliar o movimento pela aprovação das Propostas de Emendas Constitucionais (PECs) que restabelecem a exigência da formação de nível superior em Jornalismo para o exercício da profissão;
Retomar, com grande mobilização da categoria e da sociedade, a luta pela criação do Conselho Federal dos Jornalistas (CFJ);
Lutar pela criação do Conselho Nacional de Comunicação aprovado pela 1ª Conferência Nacional de Comunicação (I CONFECOM);
Lutar pela aprovação das novas Diretrizes Curriculares para os Cursos de Jornalismo, elaboradas com a participação das entidades do campo do Jornalismo;
Intensificar a Campanha pela Liberdade de Imprensa e o Combate à Violência contra os Jornalistas;
Aprofundar a articulação da FENAJ com os movimentos sociais, em especial com as centrais sindicais
Visite o nosso site: www.virarojogo.com.br
E seja um(a) seguidor(a) no twitter.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios