segunda-feira, dezembro 5, 2022
InícioCAPAFuncionários da Prefeitura de Piratuba ameaçam e agridem assessor de imprensa

Funcionários da Prefeitura de Piratuba ameaçam e agridem assessor de imprensa

O Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina manifesta seu repúdio à atitude de funcionários da Prefeitura de Piratuba, que, numa demonstração cabal de desrespeito e cerceamento ao trabalho de um profissional de imprensa, agrediram com jatos d’água, ameaçaram e impediram a atuação do assessor de imprensa da própria Prefeitura, Ernoy Mattielo, na madrugada de 8 de dezembro.

Atendendo a uma solicitação da Secretaria Municipal de Cidade e Desenvolvimento Econômico, Ernoy foi ao centro da cidade – um dos polos turísticos do Oeste catarinense por suas águas termais – às 3 horas da manhã, para registrar o serviço público de limpeza das ruas para a abertura de temporada. De início, foi atingido por jatos d’água nos pés pelo funcionário Juliano Tildes de Vargas, o que parecia um ato involuntário.

Ao alertar o funcionário, no entanto, foi vítima de um ataque proposital de jatos d’água que molharam toda a sua roupa e causaram danos em seu equipamento celular, que impediram o prosseguimento de sua atuação profissional. Em seguida, outro funcionário, conhecido como “Gugão”, mandou o jornalista “vazar” do local, sob a ameaça de que, em caso contrário, ele iria “apanhar”.

Atendendo à orientação de um de seus superiores, o jornalista não acionou a polícia naquele momento para evitar transtornos maiores às equipes de limpeza. Mas no dia seguinte o profissional encaminhou ao prefeito Olmir Paulinho Benjamini (PSD) requerimento de abertura de processo administrativo contra seus agressores. O profissional também vai registrar Boletim de Ocorrência sobre esta agressão.

“Infelizmente este não é um caso isolado”, registra Mattielo. “Muitas vezes funcionários públicos não compreendem o trabalho de um jornalista, se negam a prestar informações, por exemplo, desrespeitando nossa profissão e prejudicando a própria sociedade, que fica prejudicada em seu direito à informação de interesse público”, complementa.

O SJSC solidariza-se com o colega e solicita à Prefeitura de Piratuba a tomada de medidas cabíveis para punir os responsáveis e coibir agressões e o cerceamento ao trabalho de profissionais de imprensa.

Florianópolis, 19 de dezembro de 2019.

Diretoria do SJSC

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios