InícioNOTÍCIASMinistério tira o “P”, de Profissional, dos registros via liminar

Ministério tira o “P”, de Profissional, dos registros via liminar

Todas as pessoas que conseguiram o registro de jornalista após a liminar da juíza Carla Rister vão perder o “P” em suas carteiras de trabalho. A retirada da palavra “Profissional” é uma determinação do Ministério do Trabalho a partir do julgamento de 17 de junho, quando o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu não mais ser necessária a formação como um dos elementos para a obtenção do registro.

Todas as pessoas com registro via liminar serão convocadas pelo Ministério do Trabalho, nos Estados, para substituir o carimbo ou a tarja. A partir de agora, o registro já conseguido por intermédio de ação na Justiça será identificado com a palavra “Jornalista”, acrescido de “por determinação de decisão do STF”. Os jornalistas formados pelos cursos continuarão recebendo o registro com os dizeres “Jornalista Profissional”.

Os registros via liminar não estão mais sendo emitidos pelo Ministério do Trabalho em Santa Catarina.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios