sábado, dezembro 3, 2022
InícioAÇÃO SINDICALSJSC debate violência contra jornalistas na Câmara

SJSC debate violência contra jornalistas na Câmara

O Sindicato dos Jornalistas participa nesta quinta-feira de uma audiência pública na Câmara de Vereadores de Florianópolis, às 14 horas. Realizada pela Comissão de Defesa do Consumidor, Direitos Humanos e Segurança Pública, o encontro tem como tema  “Cidadania, Movimentos Sociais e Direitos Humanos”.  O objetivo é reunir setores da sociedade civil para discutir o acelerado processo de criminalização dos movimentos sociais. O evento foi proposto pelo vereador Afrânio Boppré (PSOL).

Jornalistas discutem medidas para combater a violência
Violência contra jornalistas cresceu 17,5% em 2016
Quem reprime os jornalistas agride a liberdade de imprensa

O presidente do SJSC, Aderbal Filho, é um dos convidados, e abordará em sua intervenção o número cada vez maior de atos de violência contra profissionais de imprensa durante protestos. “A região sul do país deixou de ser o lugar em que ocorriam menos episódios desta natureza, em 2010, para se tornar a segunda com maior número de agressões em 2016”, avalia Aderbal.

Ao todo, o SJSC reportou à Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) 28 casos de violência entre 2010 e 2016. O número pode estar subestimado, já que nem todas as vítimas reportam os acontecimentos. Ainda segundo o relatório, as agressões físicas representam uma em cada três episódios de violência. Os principais agressores de jornalistas são a Polícia Militar (25,47%), manifestantes (18,63%) e políticos, seus assessores e familiares (15,53%).

Articulação

A ideia de realizar o debate na Câmara surgiu a partir de uma reunião com jornalistas que trabalham no movimento sindical e em veículos de imprensa alternativa. O encontro ocorreu na sede do Sindprevs-SC, em Florianópolis, no dia 5 de julho.

Os profissionais também apresentaram outras demandas. Entre elas, a produção de um manual de procedimentos em coberturas de risco, o envio de orientações de segurança para entidades que contratam jornalistas, a aquisição de equipamentos, dentre outros. O grupo, em articulação com o Sindicato dos Jornalistas e com o Sindicato dos Empregados em Entidades Sindicais (Sindes) pretende levar o debate também para a Assembleia Legislativa e para a OAB.

[box type=”info” align=”” class=”” width=””]Serviço

Audiência Pública “Cidadania, Movimentos Sociais e Direitos Humanos”

Quando: 17 de agosto de 2017, quinta-feira
Onde: Plenarinho da Câmara Municipal de Florianópolis – Rua: Anita Garibaldi, n. 35 – 1º andar – Centro
Horário: 14 horas

[/box]

RELATED ARTICLES

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios