sábado, novembro 26, 2022
Google search engine
InícioAÇÃO SINDICALDiálogo avança, mas acordo entre SJSC e Sindejor ainda não foi alcançado

Diálogo avança, mas acordo entre SJSC e Sindejor ainda não foi alcançado

Após duas rodadas de conversas entre o Sindicato dos Jornalistas e o Sindicato patronal de impressos de SC, o esperado acordo na Negociação Coletiva ainda não foi alcançado. O diálogo permanece aberto e nova rodada deverá ser agendada nos próximos dias.

Na negociação realizada na terça-feira (15/05), o Sindicato patronal apresentou uma contraproposta com relação à negociação de 2017, para só posteriormente discutir a pauta da categoria relativamente a 2018. Nela, é proposto o piso já acertado de R$ 2.420,00, o reajuste dos salários em 3,99% (retroativo a 1º de maio de 2017) e o pagamento das diferenças salariais em até 4 parcelas (até a folha de pagamento de agosto de 2018).

Além de trazer, na cláusula de férias, a possibilidade de concessão em 3 períodos, e incluir a liberação de um dirigente sindical, a contraproposta patronal recuava nas cláusulas de custeio da entidade representativa dos jornalistas, suprimindo-as.

Nesta quinta-feira (17), os representantes do SJSC apresentaram nova redação às cláusulas ainda pendentes, na perspectiva de um entendimento. Sustentaram que, com a negociação de 2017 já atrasada em mais de um ano, e a de 2018 já em desenvolvimento, não fazia sentido um acerto que não comtemplasse as duas negociações, principalmente considerando que o INPC da nova data-base é baixo, de 1,69%.

A proposta do SJSC contempla o parcelamento das diferenças salariais de 2017 em até 2 períodos (maio e junho/2018), a aplicação do INPC de 2018 – que eleva os salários em 1,69% e o piso para R$ 2.460,90 – em julho e já com as diferenças salariais de maio e junho/2018, a possibilidade de férias em 3 períodos, desde que com anuência do trabalhador, e a manutenção das cláusulas de custeio do SJSC conforme já aprovadas nas assembleias da categoria, assegurando aos não associados o direito de oposição.

No final da reunião, ainda sem acordo, os representantes patronais justificaram que precisarão submeter a contraproposta do SJSC a nova assembleia do Sindicato das empresas proprietárias de jornais e revistas. Ficou acertada a realização de nova rodada de negociação para o início de junho, em data a ser definida.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios