InícioFORMAÇÃOEncontro de Jornalistas de Emissoras Públicas reúne profissionais de 12 cidades em...

Encontro de Jornalistas de Emissoras Públicas reúne profissionais de 12 cidades em Joinville

Evento do SJSC em parceria com o Poder Legislativo joinvilense aqueceu o debate sobre os desafios e perspectivas para o Sistema Público de Comunicação.

Por Carolina Manske*

O Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina e a Câmara de Vereadores de Joinville realizaram na última sexta-feira, dia 7, o 1º Encontro de Jornalistas de Emissoras Públicas, Legislativas e Culturais de Santa Catarina. O evento sediado no Poder Legislativo joinvilense contou com a presença de profissionais de doze cidades de Santa Catarina e também do Rio Grande do Sul. Cerca de 70 profissionais, estudantes e professores da área de Comunicação prestigiaram a iniciativa, cujo objetivo foi o de atualizar o debate do setor, analisando os desafios e as perspectivas da comunicação em emissoras públicas.

A programação do encontro teve início pela manhã, com a conferência da Profª. Drª. Mariana Martins de Carvalho, membro da secretaria-executiva do Conselho Curador da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Ela falou sobre o “Sistema público de comunicação: desafios e perspectivas”. A partir também de outros aspectos, Mariana Martins abordou a importância da comunicação no setor público como forma de assegurar o equilíbrio político e o fortalecimento da democracia brasileira.

Na sequência, os jornalistas Jucinei Cardoso, chefe de jornalismo da TVAL, Fernanda Avelar, gerente de reportagem da TV Assembleia de MG, e Jefferson Corrêa, gerente da Rádio Joinville Cultural 105.1 FM, apresentaram um painel com as experiências que vivem no cotidiano de suas respectivas emissoras. O tema do trio foi “Emissoras Públicas e a Produção de Programação: relato de casos”.

No período da tarde, a coordenadora da Associação Brasileira de TVs e Rádios Legislativas (Astral), Carla Bisol, falou sobre um dos temas mais aguardados pelos profissionais de Câmaras Municipais, que foi o processo de outorga de um canal de TV aberta, em sinal digital. Em todo o Brasil, cerca de 400 casas legislativas estão trabalhando para obtenção de seus canais. Elas integram a Rede Brasileira de TVs e Rádios Legislativas, coordenada pela Câmara dos Deputados. Em Santa Catarina, são pelo menos sete cidades em busca dessa outorga, das quais Joinville já está assegurada como a primeira outorgada. A cidade, inclusive, já tem o número do canal definido (36) e já trabalha para iniciar o sinal aberto de sua emissora em 2016. Hoje, a Câmara de Vereadores de Joinville está apenas no cabo.

Complementando a exposição de Carla Bisol, mas com o foco nas emissoras públicas de rádio, a jornalista e professora da UFSC Valci Zuculoto, diretora da Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) e do Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina (SJSC) falou da importância da digitalização das comunicações no Brasil.

A diretora de Comunicação Social e Relacionamento Institucional da Câmara de Joinville, Maria Ivonete Peixer da Silva, mostrou como sua casa legislativa está se preparando para o desafio de fazer TV aberta. “Estamos usando o canal legislativo na TV a cabo como laboratório para capacitação da equipe, ao mesmo tempo em que envidamos esforços de gestão para cumprimento dos prazos e realização dos investimentos necessários”, explicou.

Henrique Sabino, diretor técnico da TV Cidadã, da Câmara de Criciúma, completou o painel sobre novos projetos em Santa Catarina, falando da experiência da implantação do canal na maior cidade do sul catarinense.

“Foi uma injeção de ânimo todas essas informações que tivemos aqui no evento”, afirmou a jornalista Débora Gacho, da Câmara de Balneário Camboriú. A cidade do litoral norte catarinense é uma das sete no Estado na luta por um canal aberto.

O presidente do Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina, Aderbal Filho, avaliou positivamente o 1º Encontro de Jornalistas de Emissoras Públicas, Legislativas e Culturais de Santa Catarina. “O número de inscritos e a qualidade dos debates superaram nossas expectativas. E o evento deixou claro a todos que o Jornalismo nas emissoras públicas tem uma boa perspectiva de crescimento”, disse.

*Colaborou Felipe Faria

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios