segunda-feira, dezembro 5, 2022
InícioNOTÍCIASSJSC pede adequação do edital de concurso público em Capivari de Baixo

SJSC pede adequação do edital de concurso público em Capivari de Baixo

O Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina enviou ofício à prefeitura de Capivari de Baixo para advertir quanto aos termos do edital nº 001/2012 do Concurso Público n. 001/2012, aberto no início deste ano para a contratação de jornalistas, entre outros profissionais. Além exigir dos jornalistas o cumprimento de uma jornada de oito horas diárias, o edital oferece salário inferior ao piso estabelecido em convenção coletiva (R$ 1.395,68), em flagrante afronta à legislação.

O ofício encaminhado à prefeitura, com cópia para a empresa realizadora do concurso, destaca que, “o edital não atende o preceituado em lei.” Conforme a fundamentação jurídica encaminhada pelo SJSC, o parágrafo segundo do Decreto n. 83.284/1979, dispõe que “entidade pública ou privada não jornalística sob cuja responsabilidade se edita publicação destinada à circulação externa está obrigada ao cumprimento deste decreto, relativamente aos jornalistas que contratar”. Ou seja, o referido dispositivo equipara as empresas não jornalísticas que editam publicação às empresas jornalísticas no que se refere à aplicação das normas especiais. E continua: “Conforme o artigo 15 do Decreto n. 83.284, de 13/03/1979, o salário de jornalista não poderá ser ajustado nos contratos individuais de trabalho, para a jornada normal de 5 horas, em base inferior à do salário estipulado, para a respectiva função em acordo ou convenção coletiva de trabalho, ou sentença normativa da Justiça do Trabalho”.

No texto, o Sindicato ainda sustenta a legalidade da jornada especial dos jornalistas baseado na Portaria n. 222 de 7 de fevereiro de 2008, instituída pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, a qual estipula a jornada especial de 25 horas para os empregados jornalistas. “Logo, a jornada de trabalho do jornalista é de 5 (cinco) horas diárias, conforme preceitua o artigo 303 da CLT. Assim, a previsão contida no edital do concurso em questão, em relação à determinação de que a jornada de trabalho será de 40 horas semanais, para o cargo que será ocupado pelos jornalistas profissionais, está em afronta à legislação pertinente à categoria.”

Com base nestas argumentações, o SJSC apelou pela retificação do Edital em relação à jornada de trabalho ao piso previsto pela categoria, estabelecido em Convenção Coletiva de Trabalho.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios