sábado, dezembro 10, 2022
InícioNOTÍCIASPatrões esnobam mais uma vez os trabalhadores

Patrões esnobam mais uma vez os trabalhadores

Os representantes patronais dos Sindicatos das Empresas Proprietárias de Jornais e Revistas e das Empresas de Rádio e TV deram mais um bolo nos jornalistas não comparecendo a reunião de negociação marcada pela segunda vez. A proposta de acordo salarial foi entregue aos sindicatos no dia 13 de abril e a primeira reunião marcada pela Delegacia Regional do Trabalho foi no dia 28 do mesmo mês. Ninguém apareceu.

Neste dia 5 de maio, depois de novos contatos por parte da DRT, era para ter acontecido finalmente a reunião, mas, outra vez, os representantes patronais decidiram apostar na enrolação. O advogado do Grupo RBS, Ari Cauduro dos Santos, veio para a reunião, mas, apesar de fazer parte do grupo negociador pelo lado dos patrões, disse que não poderia discutir sozinho.

Já o Sindicato das Empresas de Rádio e TV foi bem enfático na sua ausência. Enviou uma carta, redigida e assinada pelo advogado Marco Antônio Silveira, possivelmente assessor da entidade, na qual dizia que nas empresas de Rádio e TV não havia qualquer pessoa física que fosse jornalista e que todos os funcionários já estavam acertados via acordo de radialistas. Assim, diz o advogado, o sindicato não teria nada a negociar.

A presidente do Sindicato das Empresas de Jornais e Revista, Isabel Baggio, nem se dignou a mandar carta. Segundo o advogado da RBS ela estaria viajando e não priorizou o encontro de negociação. Co esta atitude dos patrões, os jornalistas entrarão em maio sem qualquer reajuste nos salários e isso certamente merece uma boa mobilização.

A próxima reunião de negociação ficou marcada para o dia 21 de maio e até lá é fundamental que os trabalhadores fiquem antenados no que acontece, para que no dia 21 possa se ter algum acordo encaminhado. Somente com os jornalistas mobilizados poderemos avançar. Então, mexam-se. Usem camisetas de luta, conversem com os colegas, façam circular a rádio corredor. O sindicato, pelo seu lado, vai realizar atividades de mobilização. Acompanhe tudo pela página ou pelo twitter e participe das ações.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios