InícioNOTÍCIASCírculo da Palavra de abril discute novas filiações ao SJSC

Círculo da Palavra de abril discute novas filiações ao SJSC

10/04, 9h, mini-auditório da Fecesc, 3º andar

A decisão do STF sobre a não obrigatoriedade do diploma colocou a profissão do jornalismo num limbo. Agora, qualquer pessoa pode ser contratada como jornalista numa empresa de comunicação. Isso inaugura um tempo novo no jornalismo porque permite que alguém, sem os instrumentos da formação técnica e humanística garantidos com a universidade, possa escrever uma notícia, mesmo que não saiba o que é uma notícia e como ela deve ser construída. Já ensinava Adelmo Genro Filho que uma notícia deve expressar a singularidade de um fato sem, contudo, deixar de ligar com o particular e universal, fazendo com que o leitor possa compreender a totalidade do fato, no seu contexto. E isso não é coisa que se aprenda por osmose.

Mas, o fato concreto, a singularidade adelmiana, é que pessoas estão sendo contratadas para fazer trabalho de jornalista. Outros nomes são dados às funções, mas, no frigir dos ovos, o trabalho é o de jornalista. Pessoas estão recebendo salários baixíssimos, pessoas estão sendo obrigadas a realizarem multifunções, pessoas estão sendo superexploradas nas empresas de comunicação.

Diante deste quadro, o que deve fazer um sindicato? Fechar-se aos diplomados? Incluir os trabalhadores não diplomados para que possam resistir à superexploração e adquirirem consciência de classe? Organizar os trabalhadores oprimidos pelo capital? Optar pela solidariedade de classe? Abrir-se aos demais trabalhadores da comunicação, buscando uma organização mais monolítica? Qual o caminho? O que fazer?

Estas perguntas serão as que estarão em debate no Círculo da Palavra do mês de abril, promovido pelo Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina, que se propõe a realizar todos os meses uma boa discussão sobre o fazer jornalístico ou sobre a organização dos trabalhadores.

Com a participação de Prudente Mello (advogado), Valci Zuculoto (FENAJ) e Caio Teixeira (jornalista/corrente de oposição à Federação – Luta Fenaj), o Sindicato chama todos os filiados, e mesmo os que ainda não estão ligados ao seu órgão de classe, para que venham discutir e colocar a sua opinião.

Este debate é um primeiro passo para novas discussões a serem travadas no Congresso Nacional da categoria que acontece em julho de 2010, em Porto Alegre (RS). Participe!

Dia 10 de abril – Mini-auditório da Fecesc – 3º andar – 9h

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios