InícioPRÊMIOS DE JORNALISMOJornalista Angela Bastos vence prêmio Vladimir Herzog

Jornalista Angela Bastos vence prêmio Vladimir Herzog

A jornalista Ângela Bastos, do Diário Catarinense, foi uma das vencedoras do 37º Prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos, na categoria internet, com a reportagem multimídia As Quatro Estações de Iracema e Dirceu. A partir de vídeos, fotos, textos e infográficos, a reportagem conta a história dos agricultores Iracema, Dirceu Canofre de Campos e seus 14 filhos, que vivem em situação de miséria. Ao longo de dois anos e sete meses, Ângela acompanhou a história dessa família, e produziu o trabalho junto aos colegas Charles Guerra, Julia Pitthan, Fábio Nienow, Léo Cardoso e Lucas Amarildo.

O prêmio é organizado pelo Instituto Vladirmir Herzog, Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo, Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) e Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), entre outras entidades.

Conheça os vencedores em todas as categorias.
– Artes: Gregório de Holanda Vieira, Diário de Pernambuco. Menção honrosa: Jarbas Domingos de Lira Jr., Diário de Pernambuco.
– Fotografia: “Haitiano toma banho em mictório”, Ronny José dos Santos, Agora. Menção honrosa: “Batalha olímpica”, Pedro Kirilos Mattar de Oliveira, O Globo.
– Jornal: “Floresta Amazônia”, de Leonêncio Nossa, O Estado de S. Paulo. Menção honrosa: “Racismo, um crime silenciado”, de Marcella Fernandes de Camargo, Correio Braziliense.
– Revista: “Os filhos do Bolsa Família”, de Cristiane Barbieri, Época Negócios. Menção honrosa: “Precisamos falar sobre Romeo”, Rodrigo Ratier, Nova Escola.
– Rádio: “Mães da fé”, de Caetano Cury, Rádio Bandeirantes. Menção honrosa: “A doce ação”, de Róbson Machado de Souza, Rádio Tupi/RJ.
– Documentário de TV: “Em busca da verdade”, de Lorena Silva, TV Senado. Menção honrosa: “A revolta da chibata”, de Vera Regina, TVE/RS.
– Reportagem de TV: “Estrada da fome”, de Daniel Paulino, Record. Menção honrosa: “A questão racial – da ditadura à democracia”, de Débora Brito, TV Brasil.
– Internet: “As 4 estações de Iracema e Dirceu, de Ângela Bastos, Diário Catarinense. “Rota 66, a confissão”, de Marcelo Godoy, O Estado de São Paulo
Na categoria de Internet, o júri optou por escolher dois vencedores, sem menção honrosa.
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios