quarta-feira, dezembro 7, 2022
InícioNOTÍCIASCampanha salarial: negociações serão retomadas dia 3 de agosto

Campanha salarial: negociações serão retomadas dia 3 de agosto

Nova reunião (a 5ª) entre a comissão de negociação do Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina e a bancada patronal está agendada para sexta-feira, dia 3 de agosto, na sede da entidade, para retomar o debate com vistas ao fechamento de uma Convenção Coletiva. Os representantes da categoria profissional esperam obter uma proposta mais compatível com as expectativas dos jornalistas.

A última rodada de negociações ocorreu em 30 de maio. Outras reuniões agendadas posteriormente foram adiadas devido, segundo os representantes patronais, a agendas de viagem. Respondendo à insistente cobrança da comissão dos jornalistas, a bancada patronal argumentou, depois, dificuldade em agendar uma reunião em função das negociações com outros segmentos profissionais envolvidos com as empresas de comunicação, como pessoal técnico-administrativo.

Neste período, o diálogo se deu através de contatos telefônicos. Das 65 cláusulas do rol de reivindicações dos jornalistas, 28 foram de alguma forma abordadas até o momento. Destas, quatro foram rejeitadas pelos patrões, cinco voltarão à discussão. A opção de manter a redação da atual Convenção Coletiva de Trabalho foi apontada para três delas e para outras quatro será apresentada nova redação.

A proposta das empresas para o piso salarial é de R$ 1.535,00 (retroativos a maio de 2012) e R$ 1.600,00 em 1º de janeiro de 2013. Para os salários acima do piso, a proposta patronal era de apenas repor a inflação do período.

Disposta a obter uma resposta mais satisfatória para as reivindicações da categoria, a comissão de negociação do SJSC cobrou uma contraproposta oficial ao conjunto da pauta. No dia 24 de julho, após reunião do sindicato das empresas, sua representação apresentou proposta de reajuste de 5,5% para os salários acima do piso, com a reposição da inflação e um pequeno aumento real, alegando que a contrapartida econômica das empresas estava no limite. E não se posicionou quanto às demais cláusulas ainda não abordadas.

Em reunião realizada no dia 28 de julho, onde também revisou o planejamento da gestão, a diretoria do SJSC definiu o “Plano B”, um conjunto de atividades com manifestações de protesto para fazer com que a campanha de negociação coletiva avance.

Na última terça-feira (31/7), a representação patronal confirmou a nova rodada de negociações para o dia 3. “Entendemos que estamos próximos de uma proposta para ser analisada pela categoria”, avalia o presidente do SJSC, Valmor Fritsche. “Se as empresas estão realmente dispostas a um acordo, a hora de demonstrar efetivamente isso é agora”, diz, complementando que o Sindicato dos Jornalistas submeterá a contraproposta patronal à avaliação da categoria após a rodada de negociações desta semana.

Veja aqui a pauta de reinvindicações aprovada pela categoria e entregue aos sindicatos patronais.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios