Inicial / DIREITO TRABALHISTA / Maioria quer mudanças na economia, e não na Previdência, diz pesquisa
Governo sinaliza com mudanças nas regras de aposentadoria. Foto: Blog da Previdência Social.

Maioria quer mudanças na economia, e não na Previdência, diz pesquisa

São Paulo – A maioria dos brasileiros e brasileiras quer ver mudanças na economia, e não na Previdência Social. É o que mostra recente pesquisa do Instituto Vox Populi, a pedido da Central Única dos Trabalhadores (CUT). O levantamento ocorre semanas antes da presidenta Dilma Rousseff afirmar no último dia 7 de janeiro, que o país vai ter que “encarar” uma reforma da Previdência Social. Dilma não detalhou que medidas pretende implementar, mas afirmou que”não é possível” que a idade média de aposentadoria no país seja de 55 anos.

A pesquisa mostrou que as pessoas identificam o momento ruim da economia e apoiam medidas de estímulo à criação de empregos, como aumento da oferta de crédito para fortalecer o mercado consumidor, programas de incentivo a empresas que mantenham postos de trabalho e de apoio a pequenas e médias empresas.

Ainda na área econômica, a pesquisa também revela que, para a maioria da população, o governo deveria diminuir a taxa de juros (83%) e os impostos sobre os salários (82%); fazer uma ampla reforma agrária (76%); limitar a remessa de lucros para o exterior das empresas multinacionais (62%); aumentar os impostos sobre o lucro das empresas (49%) e cobrar impostos sobre heranças e grandes fortunas (48%).

O levantamento identifica ainda um alto nível de rejeição a cortes em programas sociais, como o Bolsa Família e o Minha Casa, Minha Vida.

A pesquisa mostrou que os trabalhadores identificam o momento ruim da economia e apoiam medidas de estímulo à criação de empregos, como aumento da oferta de crédito para fortalecer o mercado consumidor, programas de incentivo a empresas que mantenham postos de trabalho e de apoio a pequenas e médias empresas.

Com informações da Rede Brasil Atual, CUT e G1

Tente também

As falsas informações sobre o “déficit” da Previdência Social

*José Álvaro de Lima Cardoso No escasso e tendencioso debate que está havendo sobre a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: