Inicial / FORMAÇÃO / Rádio é tema de curso de Verão da Intercom

Rádio é tema de curso de Verão da Intercom

A INTERCOM retoma a realização da Escola de Verão, desta vez com um curso exclusivamente sobre rádio. A realização é do Grupo de Pesquisa Rádio e Mídia Sonora, que abre as comemorações dos seus 25 anos ao organizar o curso sobre o tema “Rádio e Contemporaneidade”.

O curso será realizado no dia 27 de janeiro (quarta-feira), das 8h15 às 19h, na sede Brigadeiro da INTERCOM (Av. Brigadeiro Luiz Antônio, 2050 – conjunto 36 – Bela Vista – São Paulo/SP). São oferecidas 25 vagas, voltadas para professores e pós-graduandos (mestrandos e doutorandos) da Comunicação.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas de 6 a 15 de janeiro. Para a inscrição, o interessado deve enviar uma mensagem para o e-mail escoladeverao.cursoderadio@gmail.com, colocando no título “Inscrição para o curso Rádio e Contemporaneidade”. No corpo da mensagem deve informar: nome completo, IES, titulação, data de nascimento, endereço residencial, link do Currículo Lattes, justificativa (com até 500 caracteres) explicando porque deseja participar do curso e a informação se é associado da Intercom. Ao final da mensagem, o candidato deve escrever a seguinte frase: “Em caso de aceitação da minha inscrição, comprometo-me a participar de todo o curso, das 8h15 às 19h”. A Comissão Organizadora do curso vai avaliar as solicitações e confirmar as inscrições até o dia 18 de janeiro, priorizando: 1º) sócios da Intercom, 2º) moradores fora de São Paulo, 3º) aderência de ensino e pesquisa à área; 4º) maior titulação e 5º) maior experiência docente. São critérios para as inscrições: participação em todo o curso (não haverá participante para uma única palestra e só será aceito quem se comprometer a estar presente em todo o evento); ser professor da área de Comunicação de IES brasileira ou pós-graduando (mestrando ou doutorando). Os participantes receberão certificados da Escola de Verão da INTERCOM.

Mas para que o curso possa abranger um número maior de pessoas, haverá a transmissão on-line com a participação aberta ao público em geral por meio das redes sociais. Posteriormente, todo o conteúdo será postado no Portal da Intercom (www.portalintercom.org.br).

O curso terá programação diversificada com o objetivo de refletir sobre temas relativos às discussões sobre o rádio na contemporaneidade:

 

Horário

Tema

Palestrante

 

8h15 Abertura Coordenadora GP Rádio e Mídia Sonora da Intercom – Valci Zuculoto (UFSC) 

Vice-coordenadores – Débora Lopez (UFOP) e Marcelo Kischinhevsky (UERJ)

8h30

 

O rádio e a cultura do ouvir

 

José Eugênio de Oliveira Menezes (Cásper Líbero) 
9h30  O rádio e as novas práticas de negócios Álvaro Bufarah (Faap)
10h30  Intervalo para café
10h45

 

Consolidação do rádio na internet: como criar e manter uma webradio Ricardo Fadul (UNI-FACEFe SHASTA Custom Branded Music)
12h Intervalo para Almoço
14h00

 

Rádio expandido e reconfiguração dos merca-dos de mídia sonora Marcelo Kischinhevsky (UERJ) 
  15h00 Futebol midiático: reflexões sobre o jornalismo esportivo no rádio Patrícia Rangel (ESPM/SP e Faculdades Rio Branco)

 

16h00 Intervalo para café
16h15  Conteúdo no rádio contemporâneo Débora Lopez (UFOP)  
17h00  Radiodramatização e linguagem radiofônica Eduardo Vicente (USP)
18h00 O rádio público no Brasil Valci Zuculoto (UFSC) 
 18h45

 

Encerramento Coordenadora do GP Rádio e Mídia Sonora da Intercom – Valci Zuculoto (UFSC) 

Vice-coordenadores – Débora Lopez (UFOP) e Marcelo Kischinhevsky (UERJ)

 

 Os palestrantes

Ricardo Fadul é publicitário, com mestrado em Desenvolvimento Regional. Professor nos cursos: Processos Criativos e Tecnologias Mediáticas, Criação Publicitária e Produção de Áudio para Publicidade. Produtor de conteúdos segmentados para rádios e Tv´s, tem vivenciado a experiência de estruturar rádios customizadas para Marketing e Branding Sonoro, Webradios e Rádios Internas voltadas para Endomarketing. Para mídias eletrônicas, trabalha com soluções que auxiliam na transparência da comunicação corporativa, divulgam ações e eventos internos, além de motivar e reforçar os valores e a cultura das empresas em que são implantadas.

Álvaro Bufarah Junior

Possui graduação em Comunicação Social Habilitação em Jornalismo pela Universidade Sao Judas Tadeu (1994), especialização em Política Internacional pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo e mestrado em Comunicação e Mercado pela Faculdade de Comunicação Social Casper Líbero (2002). Atualmente é professor da Fundação Armando Álvares Penteado e Universidade Nove de Julho. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Rádio e Televisão, Jornalismo e Novas Tecnologias, atuando principalmente nos seguintes temas: comunicação, rádio, jornalismo, internet e mídia sonora.

Marcelo Kischinhevsky

Bacharel em Comunicação, habilitação em Jornalismo (1993), com Mestrado (1998) e Doutorado (2004) em Comunicação e Cultura pela Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (ECO/UFRJ), é professor do Departamento de Jornalismo e do Programa de Pós-Graduação em Comunicação (PPGCOM) da Faculdade de Comunicação Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (FCS/UERJ). Atualmente coordena o Laboratório de Áudio (AudioLab) e é também coordenador-adjunto do PPGCOM. Lidera o Grupo de Pesquisa (GP) Mediações e Interações Radiofônicas, listado no CNPq, atuando ainda como coordenador-adjunto do Grupo de Pesquisa (GP) Rádio e Mídia Sonora, da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom). Bolsista da FAPERJ (Prociência), nos últimos anos, tem desenvolvido trabalhos que enfocam as indústrias do rádio, da música e do jornalismo e os desdobramentos da convergência midiática nos campos da cultura e da comunicação. É autor de O rádio sem onda – Convergência digital e novos desafios na radiodifusão" (2007) e de diversos artigos e capítulos de livro, individuais e em parceria, além de co-organizador das coletâneas Políticas públicas e pluralidade na comunicação e na cultura (2013) e de Horizontes do Jornalismo: Formação superior, perspectivas teóricas e novas práticas profissionais (2011). Teve passagens por alguns dos mais importantes jornais e revistas do país, desempenhando as funções de repórter, chefe de reportagem, redator, editor e colunista. Foi ainda um dos criadores da Rádio Livre 91.50 FM.

Patrícia Rangel Moreira Bezerra

Patrícia Rangel é doutora em Processos Comunicacionais pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da Universidade Metodista de São Paulo – PósCom (2015) em que desenvolveu a Tese – Midiatização e Circulação de Sentidos nas Manifestações de Junho de 2013. Mestre em Comunicação na Contemporaneidade pela Faculdade Cásper Líbero (2007), com a dissertação – O Futebol Midiático: Uma reflexão crítica sobre o jornalismo esportivo nos meios eletrônicos. Possui graduação em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário das Faculdades Integradas Alcântara Machado (1990), graduação em Jornalismo pelo Centro Universitário das Faculdades Integradas Alcântara Machado (1994). É Coordenadora do Curso de Jornalismo, Rádio e TV e Relações Públicas das FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, onde também coordena o curso de Pós Graduação em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte e o MBA em Comunicação Corporativa. É professora da ESPM-SP – Escola Superior de Propaganda e Marketing, onde ministra a disciplina de Produção e Edição em Rádio I e II, Oficina de Rádio e Edição em Áudio. Atua como professora responsável pelo projeto Universidade no Ar, parceria do curso de Jornalismo da ESPM com a Rádio CBN.

 Débora Lopez

Debora Lopez é doutora em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), mestre em Letras pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) e possui graduação em Jornalismo pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). É professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e da graduação em Jornalismo da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Coordena o Grupo de Pesquisa Convergência e Jornalismo (ConJor). É editora da Revista Rádio-Leituras. Recebeu o Prêmio Adelmo Genro Filho de Pesquisa em Jornalismo, promovido pela Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJor), na Categoria Doutorado, na edição 2010. Recebeu, junto ao “Grupo de Ouro Preto”, o Prêmio Luiz Beltrão Grupo Inovador / Grupo Transversal na edição 2015. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Radiodifusão, atuando principalmente nos seguintes temas: radiojornalismo, convergência, teorias do jornalismo, ética na comunicação e tecnologia da informaçáo. Já atuou no jornalismo impresso, radiofônico e televisivo.

Eduardo Vicente

Professor Associado do Departamento de Cinema, Rádio e TV (CTR) da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP), atuando no Curso Superior do Audiovisual e no Programa de Pós-Graduação em Meios e Processos Audiovisuais (PPGMPA) da mesma instituição. É graduado em Música Popular e mestre em Sociologia pela Unicamp e doutor e livre-docente em Ciências da Comunicação pela ECA/USP. Realizou estágio pós-doutoral pela Faculty of Arts, Design and Media da BCU – Birmingham City University, do Reino Unido. É editor da Novos Olhares: revista de estudos sobre práticas de recepção a produtos midiáticos (www.revistas.usp.br/novosolhares) e coordenador do MidiaSon – Grupo de Estudos e Produção em Mídia Sonora, credenciado junto à ECA/USP e ao CNPq. Bolsista de Produtividade em Pesquisa PQ 2(CNPq), tem suas pesquisas e publicações vinculadas a temas como música popular, trilha sonora e musical, indústria fonográfica e rádio.

Valci Regina Mousquer Zuculoto

Professora dos Cursos de Graduação e Pós Graduação em Jornalismo da UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina. Jornalista graduada (UFRGS), pós-doutora (Eco Pós UFRJ) e doutora em Comunicação (PUCRS), coordenadora do GP Rádio e Mídia Sonora da Intercom. Diretora das Executivas da FENAJ – Federação Nacional dos Jornalistas e do Sindicato dos Jornalistas de SC, conselheira do FNPJ – Fórum Nacional de Professores de Jornalismo. É uma das líderes do GIRAFA Grupo de Investigação em Rádio, Fonografia e Áudio da UFSC (registrado no CNPq) e coordena a webemissora Rádio Ponto UFSC. Já trabalhou em O Globo, Zero Hora, Isto É e Rádio Gaúcha. Foi diretora da FM Cultura de Porto Alegre. Autora dos livros “No Ar – A história da notícia de rádio no Brasil” e “A programação de rádios públicas brasileiras”. Co-organizadora de “Teorias do Rádio – Textos e Contextos V. 2” e “Formação Superior em Jornalismo – Uma exigência que interessa à sociedade V. 2”. Também é co-autora, com capítulos publicados, de “Radialismo no Brasil – Cartografia do Campo Acadêmico”, “Rádio em Portugal e no Brasil: trajetória e cenários”, “Rádio e Pânico 2 – A Guerra dos Mundos 75 anos depois”, “70 anos de radiojornalismo no Brasil”, entre outras obras sobre rádio e jornalismo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: