InícioNOTÍCIASSJSC participa da entrega do prêmio Fatma de Jornalismo Ambiental

SJSC participa da entrega do prêmio Fatma de Jornalismo Ambiental

SJSC participa da entrega do prêmio Fatma de Jornalismo Ambiental

27/09/2011- O jornalista Valmor Fritsche cumpriu nesta terça-feira, 27/09, seu primeiro compromisso oficial como presidente do Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina (SJSC), ao prestigiar a solenidade de divulgação dos vencedores do 4º Prêmio Fatma de Jornalismo Ambiental. Apenas uma hora após ter assumido formalmente o Sindicato, Valmor participava, no auditório da ACI completamente lotado de jornalistas, da cerimônia de premiação. Junto ao presidente estavam os diretores Marcelo Passamai, Celso Vicenzi e Sérgio Murillo de Andrade.
Valmor cumprimentou os participantes, parabenizando os profissionais que conquistaram os prêmios e estimulando os jornalistas de todo o estado a continuarem fazendo um trabalho competente e reconhecido publicamente. “É muito importante para nós jornalistas confirmar que há tantos excelentes profissionais e reportagens de tanta qualidade em todas as regiões do estado e em veículos de características tão diversas”, destacou o presidente do SJSC, saudando os representantes das entidades promotoras e apoiadoras do prêmio. Foram 110 trabalhos inscritos.

Premiados
As jornalistas Rosana Rosar, do Notícias do Dia de Joinville, e Deluana Buss, da TVAL, foram as grandes vencedoras do quarto Prêmio Fatma de Jornalismo Ambiental. Cada uma recebeu R$ 5 mil como prêmio.
Rosana foi premiada na categoria jornalismo impresso, com a reportagem “Doenças que vêm do descaso”. Na matéria, ela abordou a falta de cobertura de saneamento básico e o aumento dos gastos públicos com a saúde. “É um relato de todas as doenças causadas pela falta de saneamento básico com base no que vivenciamos em Joinville”, explica.

Na categoria telejornalismo, a vencedora foi Deluana Buss, da TVAL, da Assembleia Legislativa. A reportagem “Energia do futuro no Morro da Queimada” retrata a iniciativa de uma comunidade carente da Capital, que investiu na produção de aquecedores solares feitos com garrafas plásticas e caixas de leite, gerando emprego e renda à comunidade e contribuindo com a preservação ambiental.

Menções honrosas
Os vencedores das duas menções honrosas por categoria, com o prêmio de R$ 1,5 mil para cada trabalho, foram os jornalistas Maurício Frighetto, do Diário Catarinense e Taísa Rodrigues, de A Notícia, na categoria impresso. Naim Campos, da RBS-TV e Emanuel Vicenzi, da Epagri TV, venceram na categoria telejornalismo.

Prêmos regionais
A FATMA também distribuiu prêmios regionais. Veja a lista completa.

Regional Florianópolis: Maurício Frighetto, do jornal Diário Catarinense, com a reportagem “Litoral catarinense em alerta”

Regional Joinville: Rosana Rosar, do Notícias do Dia, com a reportagem “Doenças que vêm do descaso”

Regional Itajaí: Dagmara Spautz, Jornal de Santa Catarina, com a reportagem “Esperança para as Tartarugas”

Regional Blumenau: Carina Machado, Aline Camargo e Taiana Eberle, do jornal Município-dia-a-dia, de Brusque, com a reportagem “Olhos anônimos que cuidam do rio”

Regional Lages: Pablo Gomes, jornal Diário Catarinense, com a reportagem “Bate-papo com o frio”

Regional Criciúma: Empatadas as jornalistas Milena Nandi, do jornal A Tribuna, com a reportagem Novas práticas de sustentabilidade, e Fernanda Rodrigues, do Jornal da Manhã, com reportagem sobre as Fundações ambientais.

Regional Tubarão: Daiane Fernandes, do jornal Folha do Vale, do município de Braço do Norte, com reportagem “A arte de transformar o lixo em luxo”

Regional Joaçaba: Ana Paula Roncaglio, de O Jornal, de Concórdia, com a reportagem “Interior pede socorro, fiscalização pede ajuda”

Regional São Miguel do Oeste: Keli Fernandes, do jornal Folha do Oeste, com reportagem sobre o Diagnóstico do saneamento.

O Prêmio Fatma de Jornalismo Ambiental é promovido pela Fundação do Meio Ambiente (FATMA), com patrocínio da Tractebel Energia e com apoio da Associação Catarinense de Imprensa (ACI), Associação dos Diários do Interior (ADI), Associação dos Jornais do Interior (Adjori), Associação Catarinense das Emissoras de Rádio e TV (Acaert) e Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Santa Catarina.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios