InícioNOTÍCIASInscrições para Prêmio Roche de Jornalismo em Saúde vão até 3 de...

Inscrições para Prêmio Roche de Jornalismo em Saúde vão até 3 de abril

Premiação em parceria com a Fundação Gabriel García Márquez para o Novo Jornalismo Ibero-americano (FNPI) vai reconhecer trabalhos veiculados em rádio e internet. Profissionais interessados em participar da segunda edição do Prêmio Roche de Jornalismo em Saúde tem até o dia 3 de abril para inscrever seus trabalhos nas categorias Rádio e Internet pelo site www.premiorochedejornalismo.com. Serão consideradas matérias, em português ou espanhol, publicadas nesses meios no período de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2013, envolvendo um ou vários dos seguintes temas: inovação nos cuidados com a saúde; biotecnologia em saúde; acesso a tratamentos de saúde; pesquisa e desenvolvimento de temas de saúde; ambiente regulatório e políticas públicas de saúde; oncologia.

O processo de seleção acontece em duas etapas: o júri, composto por jornalistas e especialistas em temas de saúde, escolherá três finalistas e posteriormente um vencedor para cada categoria, com base na qualidade narrativa, domínio técnico do assunto, foque social relevante, reportagem e pesquisa, bem como valores éticos profissionais.

Prêmio
Os vencedores receberão uma bolsa com todas as despesas pagas para participar de um workshop da Fundação Gabriel García Márquez para o Novo Jornalismo Ibero-americano (FNPI), de acordo com perfil profissional. Além disso, serão convidados para a cerimônia de premiação a ser realizada durante o Roche Press Day, fórum de jornalismo científico organizado pela companhia, que acontece em julho de 2014, no México.

A iniciativa, parceria da Roche e FNPI, tem como objetivo estimular o jornalismo científico em toda América Latina e promover o conhecimento e desenvolvimento de temas voltados à saúde. No ano passado, o Brasil foi o país campeão de inscrições, com 42 candidatos, e venceu na categoria Jornalismo Impresso, com matéria da repórter Flávia Duarte, do Correio Braziliense, sobre longevidade.

Sobre a Roche
Com sede em Basileia, Suíça, a Roche é líder mundial em pesquisa de produtos para a saúde, com forte e combinada atuação nas áreas farmacêutica e diagnóstica. A Roche é a maior empresa de biotecnologia do mundo, com medicamentos realmente diferenciados em oncologia, imunologia, doenças infecciosas, oftalmologia e neurociência. A companhia também é líder mundial em diagnóstico in vitro e no diagnóstico tecidual de câncer, além de pioneira em soluções para o acompanhamento do diabetes. A estratégia de medicina personalizada da Roche tem como objetivo fornecer medicamentos e ferramentas de diagnóstico que possibilitem melhorias tangíveis na saúde, qualidade de vida e sobrevida dos pacientes.

Fundada em 1896, a Roche vem trazendo, há mais de um século, contribuições importantes para a saúde global. Vinte e quatro medicamentos desenvolvidos pela Roche estão incluídos na lista de Modelos de Medicamentos Essenciais da Organização Mundial de Saúde, entre eles antibióticos que salvam vidas, antimaláricos e quimioterapia. Em 2013, o Grupo Roche empregou mais de 85 mil pessoas em todo o mundo e investiu mais de 8,7 bilhões de francos suíços em P&D. O Grupo registrou vendas de 46,8 bilhões de francos suíços. A Genentech, nos Estados Unidos, é uma subsidiária integral do Grupo Roche. A Roche também é a acionista majoritário da Chugai Pharmaceutical, do Japão. Para mais informações, visite o site www.roche.com.br.

Sobre a FNPI
A Fundação Gabriel García Márquez de Novo Jornalismo Ibero-Americano (FNPI) trabalha em prol da excelência em jornalismo e de sua contribuição para o processo democrático e de desenvolvimento dos países ibero-americanos e do Caribe, através de oficinas e seminários de treinamento, de intercâmbio entre jornalistas, da colaboração em rede e do estímulo ao desenvolvimento profissional. A FNPI foi fundada na cidade colombiana de Cartagena das Índias, em outubro de 1994, fruto da preocupação de Gabriel García Márquez – que iniciou sua carreira de escritor como repórter – em estimular a vocação jornalística, a ética e a correta descrição dos fatos.

Fonte: Heloísa Gonçalves – Imagem Corporativa – www.imagemcorporativa.com.br

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios