sábado, dezembro 3, 2022
InícioNOTÍCIASDeflagrada greve no Diário do Pará e portal Diário Online

Deflagrada greve no Diário do Pará e portal Diário Online

para_internaOs jornalistas do Diário do Pará e do Portal Diário Online deflagraram greve por tempo indeterminado nesta sexta-feira (20). Entre as principais reivindicações estão um piso salarial de R$ 1.900, melhores condições de trabalho e a readmissão de um jornalista demitido após o início das manifestações. Desde maio, o Sindicato dos Jornalistas do Pará (Sinjor-PA) tenta diálogo, sem sucesso, com a direção do Grupo Rede Brasil Amazônia de Comunicação (RBA), de propriedade da família do senador Jáder Barbalho e afiliado à Band.

Na quinta-feira, em sessão especial na Câmara de Vereadores de Belém, profissionais relataram as dificuldades que enfrentam nos veículos do Grupo RBA. Em carta aberta os grevistas denunciam que, além de péssimas condições de trabalho, a RBA pratica contratações ilegais, sem registro em carteira de trabalho, não paga corretamente horas extras e que o salário bruto pago aos repórteres é de R$ 1.000.

Reunida em Brasília, a Executiva da FENAJ solidarizou-se com o movimento dos jornalistas do Diário do Pará e DOL para superarem a precariedade na qual estão submetidos: “Esta situação agride a dignidade dos jornalistas e, em última instância, o Jornalismo e o direito da sociedade à informação de qualidade”. A entidade conclui sua manifestação de apoio destacando que “O movimento grevista simboliza o espírito de luta dos jornalistas paraenses e serve como modelo para toda a categoria. A sua agenda é a agenda dos jornalistas de todo país, a sua luta é a nossa luta”.

Segundo a presidente do Sinjor-PA, Sheila Faro, no primeiro dia a greve obteve uma adesão de 80% dos jornalistas do Diário do Pará e do Portal Diário Online. “Esta adesão ratificou o grau de descontentamento dos jornalistas com o tratamento que recebem do grupo RBA. Hoje os jornalistas são notícia com uma greve histórica”, considerou.

Deflagrada na manhã desta sexta feira, a greve ganhou o apoio de outras categorias, que se solidarizaram com o movimento dos jornalistas. No período da tarde houve interdição da Avenida Almirante Barroso, na região central de Belém. Os jornalistas denunciaram a situação na RBA com faixas, cartazes e panfletos.

Sheila Faro conta que somente após a iminência de deflagração da greve dirigentes da RBA se dispuseram a dialogar com a Comissão de Funcionários e com a diretoria do Sindicato. “Mas não apresentaram oficialmente uma proposta de piso e ainda se negam a garantir estabilidade aos grevistas e readmitir o jornalista Leonardo Fernandes, que foi demitido em retaliação ao movimento”, conta.

Jornalista vale mais
A greve dos jornalistas do Diário do Pará e do Portal Diário Online se deu no contexto do movimento “Jornalista Vale Mais”, lançado pelo Sinjor-PA. Anteriormente à greve, foram realizadas quatro manifestações da campanha de valorização profissional no Estado. Uma em frente à Superintendência Regional do Trabalho e Emprego, outra na TV Record e duas na RBA. Os movimentos da campanha podem ser acompanhados aqui. Para conferir mais informações sobre a greve dos jornalistas do Grupo RBA clique aqui.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios