quarta-feira, dezembro 7, 2022
InícioPRÊMIOS DE JORNALISMOPrêmio de Jornalismo sobre Violência de Gênero prorroga inscrição até 15 de...

Prêmio de Jornalismo sobre Violência de Gênero prorroga inscrição até 15 de fevereiro

cmc_campanha

Estão abertas as inscrições para o Prêmio Nacional de Jornalismo sobre Violência de Gênero que integra a campanha “Jornalistas dão um Ponto Final na Violência contra Mulheres e Meninas”. O prazo – inicialmente até 31 de janeiro – foi prorrogado para 15 de fevereiro de 2014, e a premiação contemplará reportagens produzidas a partir de 11 de dezembro de 2012.

Podem concorrer jornalistas profissionais de todo o país que devem acessar o regulamento e a ficha de inscrição no site www.casadamulhercatarina.com.br. A ficha de inscrição preenchida pode ser enviada pela internet para o e-mail campanhapontofinalsc@gmail.com.

O evento é uma promoção da Casa Mulher Catarina e recebe o apoio do Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina. Serão distribuídos R$ 20 mil em prêmios, em quatro categorias (mídia impressa, televisão, rádio e outras mídias). As reportagens devem incluir as seguintes temáticas sobre a questão da violência contra as mulheres e meninas no Brasil: Lei Maria da Penha; Violência de gênero; Ações Afirmativas de enfrentamento a violência contra mulheres e meninas; Políticas Públicas de promoção da equidade de gênero; Direitos Humanos e cidadania das mulheres e o Movimento feminista.

A campanha “Jornalistas dão um Ponto Final na Violência contra Mulheres e Meninas” tem o objetivo de incluir, promover e disseminar na categoria de jornalistas profissionais e na sociedade o debate sobre relações de gênero, em especial a violência de gênero como um problema que impacta a vida e a cidadania das mulheres.

O projeto foi encampado pela Secretaria de Política para as Mulheres do Governo Federal; Ligue 180 – Central de Atendimento à Mulher; Rede Feminista de Saúde; Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul; Coletivo Feminino Plural; Rede de Homens pela Equidade de Gênero; e Red de Salud de las Mujeres Latinoamericanas y del Caribe (RSMLAC).

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios