InícioNOTÍCIASConfira algumas ações do Sindicato dos Jornalistas em 2009 - Gestão Sindicato...

Confira algumas ações do Sindicato dos Jornalistas em 2009 – Gestão Sindicato Forte é Sindicato Presente:

Para a diretoria do SJSC, 2009 pode ser considerado um ano de muito trabalho e de vitórias no campo sindical. Como bem definiram os diretores na reunião estadual da entidade, realizada no dia 19 último, em Florianópolis, o Sindicato foi atuante e não esperou as “coisas” acontecer.

Leia abaixo um pouco do que foi o trabalho nesses 12 meses:

Executiva:

– campanha contra o oligopólio da comunicação em Santa Catarina, que deve encerrar até abril de 2010 a coleta de assinaturas;

– participação do Sindicato nas conferências de comunicação municipais, estadual, nacional e oficinas livres;

– assembléia extraordinária no jornal Município Dia a Dia, em Brusque,

– manutenção da política de reuniões por locais de trabalho, como Assembléia Legislativa (duas vezes), Câmara de Vereadores de Florianópolis, Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

– Solicitações para que o Ministério do Trabalho e o Ministério Público do Trabalho (MPT) fiscalizem o cumprimento da legislação trabalhista e a convenção dos jornalistas junto às empresas de jornais e revistas;

– Exigência junto ao Governo do Estado para que os cargos de assessor de imprensa nas Secretarias de Desenvolvimento Regional (SDR´s) sejam exercidos por jornalistas, com registro profissional. Existe uma lei estadual como esse fim, mas a SDR de Joaçaba não está cumprindo essa determinação do governador;

Comissão de Sindicalização e Registro Profissional:

– defesa dos jornalistas em função específica, principalmente nos casos em que empresas negam-se a solicitar o registro profissional dos seus funcionários (repórter fotográfico, repórter cinematográfico, diagramador e ilustrador). O Ministério do Trabalho reconheceu a autoridade e o direito do SJSC em solicitar os registros nas situações em que as empresas não o fazem com objetivo de descumprir as leis trabalhistas – piso da categoria e jornada de trabalho, dentre outras.

– O processo de sindicalização nesse ano foi aprimorado, o que dá um maior controle sobre número de filiados, situação com a tesouraria, eleitorado e, consequentemente, mais confiabilidade nos futuros processos eleitorais para eleição do SJSC e da FENAJ.

– Existe a preocupação do Sindicato quanto ao número exagerado de emissão de registros profissionais, que no início de 2010 deve chegar a 4 mil. Para o presidente Rubens Lunge, “boa parte desse contingente não verá perspectiva de trabalho, pois se há mais mão-de-obra do que trabalho, ocorrerá maior rotatividade nas empresas”. Para ele, uma das soluções é a de não abrir novos cursos de jornalismo, hoje em número de 14, e que em 1979 era apenas um, o da UFSC. Ou seja, em 30 anos foram criados mais de dois cursos a cada dois anos e um mês.

Comissão de Comunicação e Eventos:

– debate 2º Círculo da Palavra, com o tema “O repórter fotográfico e o discurso jornalístico na fotografia”. Eventos realizados em Joinville e em Florianópolis;

– projeto “Diálogos com o Conhecimento”, na sua edição, trouxe o jornalista Tubal Paéz, presidente da União de Jornalistas de Cuba, que falou sobre a comunicação em Cuba e os desafios do jornalismo num outro sistema de organização da vida;

– debate sobre jornalismo: primeira edição do “Círculo da Palavra”, intitulada “Jornalismo sem formação superior específica? Comunicação sem Jornalismo”;

– lançamento da segunda edição do livro “Formação Superior em Jornalismo – Uma exigência que interessa à sociedade”;

– Papel Jornal – lançado novo projeto gráfico;

– Lançamento da nova página na internet do SJSC;

– exposição 2009 com as fotos vencedoras do II Troféu Olívio Lamas de Fotojornalismo

– IIIª Edição do Prêmio Olívio Lamas de Fotojornalismo;

– participação em ato do Comitê de solidariedade à Aprasc e contra a criminalização dos movimentos sociais;

– ato na Câmara de Vereadores de Florianópolis e distribuição de Carta Aberta para a população contra a criação de cargos comissionados na Casa.

– busca de apoio às PECs na Câmara Federal e no Senado, que prevêem a obrigatoriedade de diploma para jornalista;

– participação na reunião ampliada entre a FENAJ e Sindicatos dos Jornalistas e no Seminário Nacional dos Jornalistas, em São Paulo, com entrega de documento de propostas da categoria em Santa Catarina;
– atividade “Pausa das 18”, em frente ao Diário Catarinense – Florianópolis;

– reunião ampliada da Comissão de Educação, Cultura e Desporto da Câmara Municipal de Florianópolis para tratar da questão do acervo do jornal O Estado;

– debate sobre a regulamentação da profissão e lançamento do livro “Formação Superior em Jornalismo – Uma Exigência que Interessa á Sociedade”, com a presença de organizadores e autores de textos;

– debate com alunos do curso de jornalismo do IELUSC sobre diploma e regulamentação;

– participação no Dia de Luta pelo Emprego, no Centro da Capital;

– plenária do Movimento pela Criação da Defensoria Pública em Santa Catarina;

– manifestações contra o aumento das tarifas e pela municipalização do transporte público da Capital;

– Mesa Redonda “Grupo RBS: Domínio Econômico e Discursivo em SC”, Florianópolis.

Conselho de Representantes da FENAJ:

– março – reunião nacional, em Brasília, que teve como pauta a prestação de contas da FENAJ, reunião preparatória para o ENJAC e debates sobre questões nacionais;

– outubro – campanha em defesa do diploma; nova carteira de jornalista e campanhas contra a precarização do trabalho e assédio moral; combate à figura da Pessoa Jurídica (PJ).

Obs,: a próxima reunião do Conselho será realizada em março de 2010, em Brasília, com discussão sobre os congressos estaduais de jornalistas e o congresso nacional da categoria, marcado para Porto Alegre.

Foto: Luiz Stefanes
posse da atual diretoria, 2008.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios