sábado, dezembro 10, 2022
InícioNOTÍCIASSJSC chama categoria para debater decisão do STF; acadêmicos também participam

SJSC chama categoria para debater decisão do STF; acadêmicos também participam

O Sindicato dos Jornalistas convoca assembléias regionais extraordinárias para debater a decisão do Supremo Tribunal Federal que pôs fim à exigência do diploma para o acesso ao registro profissional. Além de jornalistas, acadêmicos e representantes de entidades também estão sendo convidados a participar das assembléias. A Direção tem reunião, nesta terça-feira (23/06), com a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego. O resultado do encontro será um dos pontos da pauta das assembléias.

O SJSC recomenda que as assembléias, que devem ocorrer em São Miguel do Oeste, Chapecó, Concórdia, Lages, Joaçaba, Rio do Sul, Criciúma, Tubarão, Florianópolis, Itajaí, Blumenau e Joinville devem esclarecer quanto à decisão do STF e registro profissional. “Nossas assembléias devem apontar e agendar grandes manifestações públicas em Santa Catarina, em repúdio à decisão do STF”, disse o presidente Rubens Lunge.

As assembléias já agendadas são as de Florianópolis (quarta-feira, às 10h e às 19h, no Auditório da FECESC, em frente ao banco redondo, na Mauro Ramos); Concórdia, na UnC, também na quarta, a partir das 19h; Criciúma, na quinta, a partir das 19h, no Auditório da SATC, com a presença do presidente do Sindicato e diretores, e Blumenau, na sexta, no Auditório do IBES, a partir das 19h, com a presença do presidente do SJSC e diretores.

Uma das primeiras manifestações de jornalistas, contra a decisão do STF, ocorreu no dia 18 de junho, na premiação do 9º Prêmio ACIC de Jornalismo, em Criciúma. A categoria vestiu roupa de cor preta em protesto ao resultado do Supremo e como forma de luta em defesa do diploma.

Reunião na Superintendência do Trabalho discute emissão de registro profissional e a profissão

Amanhã, terça-feira (23/06), às 14h, ocorre uma reunião entre dirigentes do SJSC, a assessoria jurídica da entidade e o superintendente regional do Trabalho (SRTE), Luiz Vaz Viegas. No encontro, serão discutidos encaminhamentos sobre registro profissional e a profissão de jornalista após a decisão do STF que derrubou a exigência do diploma para o exercício do jornalismo.

O presidente Rubens Lunge salientou que a nova situação da profissão ficará mais clara quando da publicação do acórdão ou do transitado em julgado do STF. Ele acrescentou que o julgamento ocorrido no Supremo em nada altera a convenção coletiva e a jornada de trabalho dos jornalistas, dentre outras questões relativas à categoria.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios