InícioNOTÍCIASSindicato presente no oeste de SC

Sindicato presente no oeste de SC

Campanha salarial para assessores de imprensa é discutida em Concórdia e Chapecó

Com o objetivo de debater a proposta de campanha salarial para os Assessores de Imprensa (AI), o presidente do Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina, Rubens Lunge cumpriu agenda no oeste do estado, durante esta semana.
Junto com o delegado regional do Sindicato, Francisco Ribeiro, e da diretora Flávia Durgante, respectivamente, foram feitas reuniões com assessores em Concórdia, dia 17, e Chapecó, dia 18, nas quais a pauta de reivindicações foi bem recebida pelos colegas. O próximo passo é aguardar a posição dos que não puderam comparecer às atividades para depois tratar do assunto com os empresários das agências de comunicação.
Em Chapecó existem quatro agências de assessoria em comunicação que empregam em média, 20 jornalistas, de acordo com Flávia. Em Concórdia, não há empresas especializadas, mas conforme Francisco, oito os assessores de imprensa trabalham em empresas privadas.
O Sindicato já realizou reuniões em Blumenau, Criciúma. Nas próximas semanas, a idéia é debater a pauta de reivindicações nas regiões norte e vale do Itajaí.

Visitas a locais de trabalho fez parte da agenda
Além das reuniões com os assessores de imprensa, também foram feitas visitas a locais de trabalho em Concórdia ,17, Chapecó,18, e São Miguel do Oeste, 19.
Em Concórdia, Rubens Lunge esteve na redação do “O Jornal” e em Chapecó, no Diário do Iguaçu, maior jornal da região. Em São Miguel do Oeste, em companhia de Aroldo Pereira da Silva, membro do conselho fiscal do SJSC, esteve na redação da Folha do Oeste e às rádios Peperi e 103, que possuem programação de jornalismo e empregam profissionais com a habilitação.
“Uma atividade desse tipo é importante, pois damos visibilidade ao Sindicato e mostramos aos jornalistas e aos empresários que estamos atentos a qualquer problema com a categoria”, avalia Aroldo.

SJSC propõe lei para regular acesso de jornalistas
Em Concórdia, os representantes do SJSC também se reuniram com o presidente da Câmara de Vereadores Leocir Zanella e com o assessor de comunicação da Prefeitura, Antônio Begnini e solicitaram a formulação e aprovação de lei que permita a contratação apenas de jornalistas com formação superior no serviço público municipal.
A mesma solicitação foi feita ao presidente da Câmara de São Miguel do Oeste, Flávio Ramos.
Tanto em Concórdia quanto em São Miguel do Oeste, os parlamentares e o assessor de imprensa se comprometeram a estudar o assunto e levar adiante a solicitação.

(Legenda: Aroldo Pereira da Silva (à direita) e Rubens Lunge propõem a Flávio Ramos, presidente da Câmara de São Miguel do Oeste, lei que regula acesso de jornalistas. Crédito: Júlio Tiezerini)

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios