InícioDEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIARede Legislativa de Comunicação terá 30 novos canais

Rede Legislativa de Comunicação terá 30 novos canais

Ministério das Comunicações liberou 9 canais de TV e 21 de rádio para integrarem a rede do Poder Legislativo, composta pelas TVs e rádios da Câmara dos Deputados, das assembleias legislativas e das câmara municipais

Lara Haje

O Ministério das Comunicações liberou 30 novos canais para integrarem a Rede Legislativa de Comunicação, sendo nove canais de TV e 21 de rádio. O anúncio foi feito pelo secretário de Comunicação da Câmara, deputado Cleber Verde (PRB-MA), durante o congresso nacional da Associação Brasileira de Televisões e Rádios Legislativas (Astral), que ocorreu no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília (DF), nesta terça-feira (17). Hoje 31 canais integram a rede.

Segundo Cleber Verde, ainda tramitam no Ministério das Comunicações mais de 600 pedidos de liberação de novos canais para a rede.

O secretário também anunciou a assinatura de seis acordos de cooperação técnica com câmaras municipais – do Rio Grande (RS), de Rio Verde (GO), de Jataí (GO), de São Luís do Maranhão (MA), de Acorizal (MT) – e com a Câmara Legislativa do Distrito Federal. “Até o final do ano, devemos assinar pelo menos mais 30 acordos técnicos com câmaras”, informou. De acordo com o parlamentar, o objetivo da rede é dar transparência ao processo legislativo e democratizar a informação pública em todo o País.

O ministro das Comunicações, deputado licenciado André Figueiredo, salientou que, desde 2008, a Câmara implanta “em ritmo intenso” os canais legislativos, no conceito de multiprogramação, que permite o compartilhamento de canais entre Câmara dos Deputados, Senado Federal, assembleias legislativas e câmaras municipais. “O ministério tem todo o interesse em ajudar e dar celeridade a ações como esta da Câmara”, destacou.

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, considera que nomear um parlamentar para o cargo de secretário de Comunicação da Casa foi de importância política fundamental para acelerar o processo de implantação da Rede Legislativa. “As questões políticas têm que ser tratadas pelos políticos”, apontou. Segundo ele, essa nomeação tem dado resultado, propiciando que a população de municípios longínquos tenha acesso à comunicação de todos os níveis do Poder Legislativo. “É muito importante que a população possa avaliar seus representantes, seja no âmbito federal, estadual ou municipal”, disse.

Sinal aberto
“É direito do povo brasileiro saber o que acontece no Legislativo”, afirmou o presidente da Astral, Sérgio Figueiredo. “Há um tempo só tinha acesso aos canais legislativos quem tinha TV por assinatura. A opção de a Câmara dos Deputados de criar a Rede Legislativa em sinal aberto possibilitou ao brasileiro assistir à TV da Câmara federal, da assembleia do estado e da câmara municipal, em sinal aberto e digital, com qualidade.” A Astral oferece apoio técnico para as rádios e TVs legislativas.

A câmara legislativa de Campos de Goytacases (RJ), com cerca de 500 mil habitantes, foi a primeira do estado do Rio de Janeiro a conseguir a autorização do Ministério das Comunicações para colocar sua TV do ar em sinal aberto e digital, integrando a Rede Legislativa. O presidente da câmara legislativa da cidade, Edson Batista, espera que a TV em sinal aberto esteja no ar em seis meses: “Nós acumulamos experiência com a TV por assinatura, conseguimos capacitar um grupo eficiente de técnicos e isso foi o primeiro degrau para enfrentar o desafio”.

Processo
A coordenadora da Rede Legislativa de Rádio e TV Digital, Evelin Maciel, explicou que a meta da rede é universalizar o sinal da TV Câmara e das TVs legislativas parceiras, chegando ao País todo. Segundo ela, as câmaras municipais e assembleias legislativas interessadas em integrar a rede devem enviar à Câmara dos Deputados um oficio pedindo a adesão. “Com isso, solicitamos o canal no Ministério das Comunicações”, completou.

Da Câmara dos Deputados

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios