InícioAÇÃO SINDICALBand-SC deve apresentar proposta aos jornalistas até dia 15

Band-SC deve apresentar proposta aos jornalistas até dia 15

Representantes do Sindicato dos Jornalistas e da Band-SC participaram de audiência convocada pelo Ministério Público do Trabalho na quinta-feira (10/12), em Florianópolis. O debate concentrou-se no atraso do pagamento de salários e no enquadramento de jornalistas que estão contratados como radialistas. A empresa comprometeu-se a apresentar uma proposta até terça-feira. Nova audiência do MPT está agendada para o dia 17 de dezembro.

Na audiência os representantes do SJSC sustentaram que a Band-SC atrasou tanto o pagamento dos salários de julho, como também reincidiu no erro, atrasando o pagamento dos salários em novembro. Os representantes da empresa reconheceram que a Band-SC enfrentou dificuldades financeiras neste segundo semestre e disseram que a situação deve se normalizar no início de 2016. Informaram, também, que trabalham com a perspectiva de adiantar a segunda parcela do 13º salário.

Já quanto ao enquadramento sindical dos jornalistas, a Band se mostrou disposta a readequar parte de seu quadro funcional, o que foi considerado positivo pelo Sindicato dos Jornalistas. Mas resistiu em reconhecer a existência de repórteres cinematográficos, defendida pelo SJSC. Segundo a tese patronal, na Band-SC só existem “Operadores de Câmera”.

O procurador Acir Alfredo Hack registrou que na legislação brasileira está assegurado que os jornalistas são “categoria diferenciada”, indicando que é incorreto enquadrá-los na atividade preponderante da empresa, e que o atraso nos salários “de todos os trabalhadores” da Band-SC é fato incontroverso. Hack propôs que as partes buscassem um diálogo em busca de um entendimento que evite a judicialização do processo. Ele propôs o pagamento de multa para compensar o prejuízo dos empregados, atendendo a solicitação do Sindicato dos Jornalistas.

Alegando não terem condição de assumir um compromisso na audiência, os prepostos da Band-SC comprometeram-se em consultar a direção da empresa para apresentar uma proposta ao Sindicato dos Jornalistas até o próximo dia 15.

“Concordamos com o procurador e estamos dispostos ao diálogo para superar o conflito”, disse o presidente do SJSC, Aderbal Filho. “Mas temos o dever de lutar para que os salários dos trabalhadores sejam pagos em dia, porque se esse direito não for assegurado, gera desespero e angústia nos profissionais e suas famílias, tanto para honrar as contas a pagar, quanto em garantir sua própria sobrevivência com dignidade”, sustentou, registrando que o correto enquadramento dos jornalistas profissionais na Band é, também, uma das reivindicações que a categoria vem levantando há mais de dez anos.

No dia 17 de dezembro, representantes do Sindicato e da empresa retornam para nova mediação no MPT. A reunião poderá resultar em um acordo total ou parcial. Caso não haja entendimento, o MPT poderá tomar outras medidas legais.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios