sábado, dezembro 3, 2022
InícioNOTÍCIASONU lança plano de ação para profissionais de mídia

ONU lança plano de ação para profissionais de mídia

onuUma das sugestões feitas pela ONU é a inclusão do tema direitos humanos nos currículos das faculdades de jornalismo. A publicação, que ficará disponível exclusivamente em versão eletrônica, promove a formação em direitos humanos de profissionais de mídia e jornalistas.

A Organização das Nações Unidas lançou, no último dia 6, em Brasília, a versão em português do Plano de Ação da Terceira Fase de seu Programa Mundial de Educação em Direitos Humanos. A publicação, que ficará disponível exclusivamente em versão eletrônica, é dedicada a reforçar a implementação das duas primeiras fases e a promover a formação em direitos humanos de profissionais de mídia e jornalistas.

Uma das sugestões feitas pela ONU é a inclusão do tema direitos humanos nos currículos das faculdades de jornalismo. Outra é o respeito a princípios básicos de direitos humanos, como a não incitação ao ódio, a confidencialidade e proteção das fontes e a liberdade de informação e de expressão.

O Plano de Ação será lançado no Seminário Internacional de Educação em Direitos Humanos, na Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, no dia 6 de maio de 2015, a partir das 9h. O oficial do Programa de Ciências Humanas e Sociais da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) no Brasil, Fábio Eon, será um dos painelistas em uma mesa-redonda sobre planos nacionais de educação em direitos humanos.

O Programa Mundial para a Educação em Direitos Humanos, coordenado pela UNESCO e pelo Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos (ACNUDH), reúne contribuições dos países membros da ONU e da sociedade civil para apresentar orientações para a construção de programas educacionais baseados no respeito aos direitos humanos.

O Programa Mundial é composto por três fases, concebidas para melhor encadear e articular esforços governamentais e não governamentais ao redor de uma cultura de promoção e defesa dos direitos humanos. A Primeira Fase do Programa Mundial (2005-2009) fez recomendações, referências e sugestões voltadas aos ensinos fundamental e médio. A Segunda Fase do Programa Mundial (2010-2014), por sua vez, conferiu prioridade ao ensino superior e à formação em direitos humanos para professores, servidores públicos, forças de segurança, agentes policiais e militares. Por fim, a terceira fase, que se inicia em 2015 e vai até 2019, tem foco nos jornalistas, blogueiros e profissionais de mídia.

Desde 2004, o escritório da UNESCO no Brasil tem apoiado o governo brasileiro na construção de programas de educação em direitos humanos, por meio de acordo de cooperação com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, intitulado “Educação em Direitos Humanos – Construindo uma cultura de respeito à democracia e à Justiça”. O acordo resultou em subsídios para o Plano Nacional de Educação em Direitos Humanos (PNEDH), para o Comitê Nacional de Educação em Direitos Humanos (CNEDH) e, mais recentemente, para as Diretrizes Curriculares de Educação em Direitos Humanos aprovadas pelo Conselho Nacional de Educação (CNE).

O Plano de Ação da Terceira Fase pode ser acessado no seguinte link: http://unesdoc.unesco.org/images/0023/002329/232922POR.pdf

As edições anteriores, lançadas em 2012, estão disponíveis no link abaixo:

http://www.unesco.org/new/pt/brasilia/about-this-office/single-view/news/world_programme_for_human_rights_education_is_launched_in_portuguese/

RELATED ARTICLES

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios