InícioNOTÍCIASRBS e RIC-Record demitem jornalistas em Santa Catarina

RBS e RIC-Record demitem jornalistas em Santa Catarina

No dia 3 de junho o Grupo RBS promoveu mais demissões no Diário Catarinense, em Florianópolis. Informações obtidas pelo Sindicato dos Jornalistas dão conta de que cinco profissionais foram demitidos do Diário Catarinense, em Florianópolis, entre o dia 1º e o dia 3 de junho, véspera do feriado de Corpus Christi. Tais demissões resultaram das novas “medidas editoriais”, com retorno do caderno Donna para a redação do DC e a extinção dos cadernos Destemperados e Casa. Nesta quarta-feira circulam informações de novas demissões também na RIC-Record.

Questionados pelo SJSC, o departamento jurídico e a assessoria de imprensa do grupo RBS em Florianópolis reencaminharam uma nota que não faz referência ao desligamento de jornalistas e de outros profissionais. No documento, emitido no dia 3 de junho, a vice-presidente de jornais e mídia digitais do Grupo RBS, Andiara Petterle, anuncia a criação de duas novas áreas: Marketing e Produto e Mercado Leitor. “Ambas significam um passo importante na materialização da nova estratégia de jornais, que busca maior proximidade com os clientes e qualificação do jornalismo em todas as plataformas”, afirma.

Para a diretoria do SJSC, as novas demissões refletem a política da RBS de demitir profissionais mais experientes, sobrecarregar os que permanecem e de aprofundar uma visão essencialmente mercantil do Jornalismo. “Este processo de demissões é um claro desrespeito à categoria e seu sindicato, num momento em que se desenvolve a negociação coletiva de 2015”, diz o presidente do SJSC, Aderbal Filho. “Está cada dia mais evidente a irresponsabilidade social da RBS e sua renúncia ao jornalismo enquanto prática social de difusão de informações de interesses público. A fala da Andiara diz tudo, o que vale pra eles é marketing, produto e mercado”, completa.

Apesar da alegada crise nos meios de comunicação, em 2014 o Grupo RBS obteve lucro líquido de R$ 115,7 milhões, representando um crescimento de quase 20% sobre o lucro de 2013. No mesmo período, reduziu seus custos com pessoal em 13,5%, número atingido após a demissão de 130 trabalhadores em agosto do ano passado. “O lucro líquido da RBS desde 2011 soma quase R$ 426 milhões, resultado nada desprezível e às custas do esforço dos profissionais, que são premiados com demissões”, registra o diretor do SJSC Leonel Camasão.

Enquanto isso, o grupo prossegue com sua política de contratação de estudantes como “assistentes de conteúdo”, artifício para fraudar e precarizar as relações de trabalho. O sindicato assegurará a assessoria jurídica aos demitidos, cujas homologações foram agendadas para o dia 17 de junho, e prepara medidas jurídicas contra as demissões, precarização das relações de trabalho e práticas antissindicais na RBS.

RIC-RECORD TAMBÉM FAZ “ENXUGAMENTO”

O site Making Of, que no dia 3 de junho informou que teriam havido 120 demissões na RBS em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul, informou hoje que, com relação à RIC Record, até o momento, “60 pessoas foram demitidas ou deixaram de trabalhar em algum veículo do grupo. A movimentação começou no final de março, com o encerramento das atividades da Rádio Record”.
O presidente do grupo RIC-SC, Marcello Petrelli, disse ao site que a empresa estava “inchada” e a readequação já foi feita, envolvendo todas as áreas. “Se acontecer alguma movimentação de agora em diante será pontual”, declarou. Profissionais da empresa confirmaram ao SJSC que circulam boatos de novas demissões também no jornalismo, mas não sabem qual o número de demitidos, nem em quais praças.

DEMISSÕES DE JORNALISTAS EM FLORIANÓPOLIS

Desde o início do ano, até o dia 9 de junho, o Sindicato dos Jornalistas homologou a demissão de 29 jornalistas, dos quais 23 foram demitidos sem justa causa e seis pediram demissão. As informações consideram apenas os desligamentos realizados junto ao sindicato. Em outras regiões do Estado, as rescisões trabalhistas são feitas no órgão local do Ministério do Trabalho, ao qual o SJSC pedirá informações para ter um panorama completo.

EMPRESA DEMISSÕES PEDIDOS
Diário Catarinense 4 4
RBS TV Florianópolis 3
RBS TV Joaçaba 2
Notícias do Dia Florianópolis 2 1
SC + 1 1
RIC-TV Florianópolis 4
Outras empresas/Assessorias 7
TOTAL 23 6
RELATED ARTICLES

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios