InícioDEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIANovo Ministro descarta regulação da mídia

Novo Ministro descarta regulação da mídia

O novo ministro das Comunicações, André Figueiredo (PDT), descartou em posse nesta terça (6) a promoção de qualquer forma de regulação da mídia –defendida pelo PT de seu antecessor, o agora chefe da Secretaria de Governo Ricardo Berzoini.

“Nada de regular. Queremos aperfeiçoar e atualizar a legislação. Isso sempre dialogando com segmentos que fazem a mídia, tanto na área social quanto na área comercial”, disse Figueiredo, em conversa com jornalistas após a cerimônia de transmissão de cargo.

Durante seu discurso de posse, o  ministro Figueiredo lembrou que a atual Lei Geral das Telecomunicações é de 1997 e que o ministério deve “atuar dentro da responsabilidade de construir leis mais justas” para aperfeiçoar o arcabouço legislativo do setor.

A regulação da mídia é uma das bandeiras do PT, embora nunca tenha sido abraçada integralmente pela presidente Dilma Rousseff –ela só falou genericamente em “regulação econômica” do setor, e nunca defendeu controle de conteúdo.

Berzoini insinuou que faria algo no setor, como esperava o PT, mas nada aconteceu.

No governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva houve algumas tentativas de regulação, todas rechaçadas pelas condições políticas e pelo Congresso.

Da Folha de São Paulo

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios