segunda-feira, novembro 28, 2022
Google search engine
InícioAÇÃO SINDICAL8M mobiliza atos em Florianópolis e em outras dez cidades

8M mobiliza atos em Florianópolis e em outras dez cidades

Além de atividades culturais promovidas durante a semana, o Dia Internacional da Mulher, celebrado nesta quarta-feira, dia 8, terá uma programação envolvendo atos e manifestações em, pelo menos, dez cidades de Santa Catarina, entre elas Florianópolis, Joinville, Blumenau, Itajaí, Chapecó, Rio do Sul, São Miguel do Oeste, Lages, Fraiburgo e Jaraguá do Sul. Organizados em sua maioria pelo 8M Brasil SC, os horários e locais onde deverão ocorrer os atos estão disponibilizados também na página do Facebook do movimento.

Em Florianópolis, os eventos da programação começam cedo, às 6h30min, com a entrega de folhetos e fitas em frente ao Ticen, no Centro da cidade, e segue até o fim da tarde, quando, às 18h, haverá a concentração para a chamada marcha das mulheres. A saída deve ocorrer por volta das 19h, também em frente ao Ticen. Ao longo dia, devem ocorrer ainda um grande “apitaço” e, em seguida, um ato contra a reforma da previdência, em frente ao INSS, na Rua Felipe Schmidt, no Centro.

No cartaz confeccionado para difundir a programação durante o dia, o 8M destaca os motivos pelos quais as mulheres irão parar no dia 8. Entre os tópicos está a violência, discriminação no ambiente de trabalho e também racial. Além disso, o movimento cita ainda a luta pelo direito à livre expressão da sexualidade e identidades de gênero.

Além das manifestações, há também a chamada para adesão da greve internacional das mulheres, que prevê a paralisação feminina ao longo da quarta-feira. Em Florianópolis, por exemplo, a secretaria de Ações Afirmativas e Diversidades da Universidade Federal, a UFSC, já antecipou que o setor vai se solidarizar ao movimento, suspendendo as atividades. As universitárias também foram convidadas para participar da greve e a instituição oferecerá outras atividades ao longo do dia em alusão ao dia.

Em cidades como Tubarão, no Sul do Estado, por exemplo, o sindicato dos comerciários vai apoiar, a partir das 14h, diversos atos no Centro da cidade, entre eles um ato com a Reforma da Previdência. Já em Blumenau, no Vale do Itajaí, o Sintraseb, sindicato que representa os trabalhadores municipais, vai liderar um ato público na praça em frente ao Teatro Carlos Gomes, no centro da cidade, a partir das 16h.

Atividades organizadas pela 8M na Capital

> 6h30 às 9h – Panfletagem e entrega de fitas lilás e apitos em frente ao Ticen-
> 9h às 18h – Tenda do 8M Brasil SC no Largo da Alfândega com tribuna livre para as mulheres, debates, exibição de vídeos, atividades artísticas e atendimento com profissionais da saúde e direito
> 12h30 – Apitaço mundial das mulheres
> 13h – Concentração e ato com a reforma previdenciária em frente ao INSS, na Rua Felipe Schimidt
> 17h – Assembleia de mulheres para leitura e aprovação do Manifesto 8M Brasil SC
> 18h – Concentração em frente ao Ticen para a Marcha das Mulheres. Saída prevista para às 19h

Fonte: Diário Catarinense

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios