quarta-feira, dezembro 7, 2022
InícioNOTÍCIASHistória do PCB é tema de livro lançado na Assembleia Legislativa

História do PCB é tema de livro lançado na Assembleia Legislativa

O livro Luiz Carlos Prestes: o combate por um partido revolucionário (1958-1990), da historiadora marxista Anita Leocádia Prestes, foi lançado na Capital na noite de quinta-feira (6), no Plenarinho da Assembleia Legislativa. O evento, promovido pelo mandato do deputado Sargento Amauri Soares (PDT), teve o apoio da editora Expressão Popular.

O resgate da história do líder comunista Luiz Carlos Prestes, em especial seu esforço em constituir um partido revolucionário no Brasil, é o tema principal da última obra escrita por Anita, filha de Prestes com Olga Benário. Este é o quarto livro da autora sobre a criação do PCB.

A obra apresenta as principais fases vividas pelo Partido Comunista Brasileiro (PCB), desde 1958, suas vitórias e derrotas, durante períodos de legalidade e de clandestinidade, e as disputas ideológicas envolvendo os principais dirigentes. O ápice dessas divergências acontece em março de 1980, quando Prestes rompe com o partido e divulga a famosa “Carta aos Comunistas”, em 1980, e passa a percorrer o país defendendo a formação de um partido realmente revolucionário.

Sobre a autora – Anita Leocádia Prestes é filha de Luiz Carlos Prestes e Olga Benário. Depois do insucesso do levante comunista de 1935, Olga foi entregue por Getúlio Vargas para o governo nazista de Hitler quando estava grávida de Anita em 1936. Nascida em um campo de concentração de Barnimstrasse (Alemanha), Anita foi afastada da mãe com 14 meses de idade e entregue para a avó paterna, Leocádia Prestes, em decorrência das pressões da campanha internacional dirigida pela família. A história é contada no filme Olga.

Historiadora e professora aposentada do Departamento de História da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Anita também é doutora em História pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e em Economia e Filosofia pelo Instituto de Ciências Sociais de Moscou.

O período de criação do PCB até 1958 é registrado em outros livros da pesquisadora: Os Comunistas Brasileiros – Luiz Carlos Prestes e a Política do PCB (1945-1956/58), da Editora Brasiliense; Da insurreição armada (1935) à ‘União Nacional’ (1938-1945): a virada tática na política do PCB, da editora Paz e Terra; e Luiz Carlos Prestes e a Aliança Nacional Libertadora, da Editora Brasiliense.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios