InícioCULTURACine Ieda Beck realiza ciclo sobre festivais em 7 de agosto

Cine Ieda Beck realiza ciclo sobre festivais em 7 de agosto

Catavideo crises inuteisFilmes de festivais e mostras de cinema realizadas em Santa Catarina estarão em cartaz nas próximas três sessões do Cineclube Ieda Beck. A abertura é nesta quarta-feira, dia 7 de agosto, às 20 horas, com cinco produções exibidas no Catavídeo – Mostra de Vídeos Catarinenses. A sala funciona na Travessa Ratclif, no Centro de Florianópolis e a entrada é gratuita.

O Catavídeo foi criado em 1999 com o objetivo de estabelecer um canal livre entre os realizadores e o público, no estado de Santa Catarina. Evento consolidado no calendário de mostras e festivais, é realizado pela Associação Cultural Alquimídia e com o apoio do Fundo Municipal de Cinema de Florianópolis (Funcine).

Os filmes selecionados para a sessão no Cine Ieda Beck são os preferidos do público e são as webséries Crises Inúteis – episódio 5 e Republica.doc – episódio 5, de Phil Rocha, o documentário Um manezinho de apelido Zininho, de Cláudia Alvim Barbosa, e os curtas Último ensejo, de Ramon Santos, e O dia, de Matheus Moreira Moraes e Willian Ferreira Martins.

Na websérie Crises Inúteis, os jovens Fabiana e Vinícius dão continuidade ao plano de tentar manter Roberta e Pedro juntos, mas as pessoas que eles usam para tramar suas ideias são exatamente seu maior empecilho. Em Republica.doc, logo depois do último dia de aula, jovens que moram na mesma casa resolvem fazer uma festinha para comemorar, porém as coisas não parecem estar tão animadas.

Um manezinho de apelido Zininho narra a vida do músico, arquivista e poeta Cláudio Alvim Barbosa (1929-1998), autor de Rancho de Amor à Ilha, hino oficial de Florianópolis. Através de depoimentos de familiares, artistas e amigos é possível conhecer a passagem do artista pelas rádios Diário da manhã e Guarujá e pelo setor de som da Câmara Municipal de Florianópolis, que rendeu a Zininho um rico acervo de áudio sobre a história política e cultural da cidade.

Em Último ensejo, o fantasioso universo infantil se desfaz com o tempo, com problemas cada vez maiores e mais aterradores do que os terríveis dragões do passado. Em O dia, a galera nativa da localidade Colinas mostra como se desce o morro da Lagoa da Conceição, em Florianópolis, ao nascer do sol.

O cineclube Ieda Beck funciona no casarão do Instituto Arco Íris/Cinemateca Catarinense, no Centro de Florianópolis.  Criado em 2009 e voltado para a produção de cinema realizada em Santa Catarina, o Cine Ieda Beck é realizado pela Cinemateca Catarinense e pela Travessa Cultural, com o patrocínio do Fundo Municipal de Cinema (Funcine) e Prefeitura Municipal de Florianópolis.

O quê: exibição de filmes do Catavídeo – Mostra de Vídeos CatarinensesQuando: quarta-feira, dia 7 de agosto, às 20h. Onde: Cinemateca Catarinense/Instituto Arco-Íris. Travessa Ratclif, 56, Centro, Florianópolis. Quanto: gratuito.

CONTATO

Catavídeo
Guto Lima
(48) 9952-5657, 3028-3787

Cineclube Ieda Beck
Sofia Mafalda
(48) 3224-7239, 9125-5306
Alan Langdon
(48) 9941-2714

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios