segunda-feira, dezembro 5, 2022
InícioNOTÍCIASJornalistas de Criciúma lançam campanha em defesa do diploma; solenidade foi bem...

Jornalistas de Criciúma lançam campanha em defesa do diploma; solenidade foi bem representativa


Ações locais têm impacto e comprometimento estadual e nacional. A comprovação dessa afirmativa ocorreu na noite de ontem no Auditório 1 da SATC, em Criciúma, em que deputados federais e estaduais, representantes do Legislativo e Executivo estadual e local se comprometeram em defender a formação dos jornalistas como um dos elementos para o acesso ao registro profissional.

O evento que reuniu representantes eleitos pelo povo para cumprir mandato na Câmara de Vereadores, na Prefeitura, em Brasília e em Florianópolis foi organizado pela Comissão de Criciúma de Resistência e Luta pela formação dos jornalistas brasileiros. Mais de 200 pessoas – acadêmicos de jornalismo, jornalistas, representantes de entidades comunitárias e empresariais – também participaram da mobilização.

O atrativo da noite foi a apresentação dos materiais da campanha em Criciúma – selo, camiseta, banner e adesivos -, e a divulgação das manifestações de rua nesta quarta-feira e no próximo sábado, quando acadêmicos e jornalistas explicam à população e buscam nela apoio para a exigência do diploma para o exercício profissional.

Em seu discurso, o presidente do Sindicato dos Jornalistas destacou a luta histórica da categoria pela formação, e o erro cometido pelo STF (Supremo Tribunal Federal) ao confundir exercício profissional com liberdade de expressão e de opinião. Ao final, Rubens Lunge convocou Criciúma a participar de uma grande mobilização estadual, que já está sendo denominada de “Primavera Quente”.

Parlamentares

Os deputados federais Jorge Boeira (PT) e Acélio Casagrande (PMDB), presentes à solenidade, reafirmaram o apoio aos jornalistas.:

Boeira: “Estou comprometido com os jornalistas e acompanhando na Câmara Federal as propostas de emenda constitucional e os projetos de lei. Entendo que a criação do Conselho Federal dos Jornalistas resolveria toda a situação criada pela decisão do STF”.

Casagrande: “Vou participar da Frente Parlamentar em defesa dos jornalistas e meu gabinete em Brasília está aberto para o que for necessário. Estou na luta com os jornalistas para que volte a exigência da formação”.

Os deputados estaduais Décio Góes (PT), Valmir Comin (PP) e José Paulo Serafim (PT) também se engajaram em defesa do diploma. Serafim, que falou em nome dos demais, disse: “Só na luta os trabalhadores chegam às conquistas, e se este é um momento de indignação e de luto, também é um momento de demonstrar insatisfação e de chamar a sociedade a se aliar aos jornalistas em defesa da formação para um jornalismo de qualidade”.

Representando o Executivo Estadual compareceram o secretário Regional Luiz Fernando Cardoso e o deputado estadual Ronaldo Benedet (PMDB), atual secretário de Segurança Pública de Santa Catarina: “Trago o meu compromisso, como secretário do Estado e como deputado, de defender os jornalistas, assim como trago o compromisso do governador Luís Henrique da Silveira para a causa”.

Lideranças municipais

Para o prefeito Clésio Salvaro (PSDB), “a formação é importante. Defendemos a formação para os jornalistas, pois quem ganha com isso é a sociedade”. Já a vereadora Tati Teixeira (PSDB) informou que encaminha à associação dos vereadores do seu partido, em Santa Catarina, solicitação para que sejam feitas moções em defesa dos jornalistas brasileiros. Ela também solicitará à coordenação da União dos Vereadores de Santa Catarina para que todas as Câmaras do Estado aprovem moções de apoio à formação e regulamentação dos jornalistas.

Foram dar apoio político aos jornalistas os deputados federais Jorge Boeira e Acélio Casagrande, deputado estaduais José Paulo Serafim, Décio Góes e Valmir Comin, além do secretário de segurança Ronaldo Benedet (deputado licenciado), o secretário regional Luiz Fernando Cardoso, prefeito e vice de Criciúma Clésio Salvaro e Márcio Búrigo; vereadora Tati Teixeira e outros vereadores da região carbonífera.

A mobilização em Criciúma terá atividades amanhã (05/08), às 11h30min, no Terminal Central de Criciúma com faixas na região do comércio, e no sábado, a partir das 10h, na Praça Nereu Ramos, com panfletagem.

Toda a movimentação das ações dos jornalistas do Sul pode ser acompanhada pelo blog do Movimento Jornalista Formado: jornalistaformado.blogspot.com (com informações de Lucas Borges).

Foto: Luis Prates

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios