quarta-feira, dezembro 7, 2022
InícioNOTÍCIASJornalistas de Criciúma lançam selo em defesa da regulamentação do diploma

Jornalistas de Criciúma lançam selo em defesa da regulamentação do diploma

A polêmica e inaceitável decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) quanto à desregulamentação da profissão de jornalista por meio da exigência do diploma universitário fortaleceu o papel dos sindicatos estaduais. Em Santa Catarina, a entidade, representada pelo presidente Rubens Lunge, promoveu assembléias nas regionais tão logo houve a votação, para fortalecer os ânimos e unir forças.

Em Criciúma, jornalistas já em atuação e acadêmicos do curso da Satc, em uma das plenárias mais prestigiadas de todos os tempos, aprovaram a formação de uma Comissão Especial Mista para mobilização da categoria em prol de manifestações contrárias ao STF. O grupo criou um selo que identifique as pessoas que são favoráveis à causa do diploma. O material será apresentado hoje, às 20h, no auditório 1 da Satc.

O SJSC será representado pelos dirigentes Rubens Lunge, Luis Prates e Sandro de Mattia. Lunge destaca que o lançamento do selo é a “tradução da mobilização dos jornalistas do Sul”. O sindicalista considera ser uma forma de mostrar à sociedade a importância do diploma para a informação de qualidade. “Estamos descontentes com a decisão do STF e queremos a regulamentação do diploma de volta. É importante a sociedade participar junto desta luta”, conclamou.

A comissão surgiu de uma assembléia do Sindicato realizada na SATC e conta com quatro profissionais (Carol Bortot, Emerson Teixeira, Taize Pizone e Danie Niero) e mais quatro estudantes (Gabriela Rosso, Lucas Casagrande, Juno César e Miguel Vieira).

Toda a movimentação das ações dos jornalistas do Sul pode ser acompanhada pelo blog do Movimento Jornalista Formado: jornalistaformado.blogspot.com.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios