InícioNOTÍCIASCampanha salarial 2012 | Próxima rodada de negociações será na segunda, 4...

Campanha salarial 2012 | Próxima rodada de negociações será na segunda, 4 de junho

Depois de negociarem durante a manhã da última quarta-feira, 30/05, na sede do SJSC, representantes dos jornalistas catarinenses e das empresas proprietárias de jornais e revistas agendaram uma nova reunião para a próxima segunda-feira, quando devem ser discutidos os índices de reajuste do piso e dos demais salários da categoria, bem como uma série de reivindicações sobre as quais os patrões ainda não se posicionaram.

No último encontro, os representantes dos patrões chegaram a propor um aumento escalonado para o piso dos jornalistas, com um reajuste agora, retroativo a 1º de maio, e outro em janeiro de 2013, fazendo com que o valor do piso alcance R$ 1.600,00. Mas, além desta proposta ainda estar aquém da expectativa da categoria, não apresentaram uma proposta mais consistente para os demais salários, só a reposição da inflação.

“Um dos objetivos do SJSC é recuperar as perdas históricas do piso da categoria no estado, hoje, infelizmente, o menor da Região Sul e um dos mais baixos do País”, afirma o presidente do Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina, Valmor Fritsche. “Mas há outras questões igualmente importantes, não só relativas a salários, que a bancada empresarial ainda não se dispôs a discutir”, completa.

Valmor ressalta que a contraproposta dos patrões ainda está muito longe das reivindicações dos jornalistas. “Esperamos que os representantes patronais apresentem propostas que mereçam ser submetidas à avaliação da categoria”, diz.

A expectativa do SJSC é de que a Convenção Coletiva possa ser assinada o mais brevemente possível. “Estamos buscando melhores condições de trabalho para os jornalistas catarinenses. Por isso não dá para chamar uma assembleia pra analisar uma proposta ruim, é preciso avaliar junto com os companheiros todos os pontos da proposta”, afirma Valmor.

Caberá à assembleia dos jornalistas, que é soberana, aceitar ou recusar as propostas e decidir, junto com a diretoria da entidade, quais serão os próximos passos da campanha de negociação coletiva. “É preciso que todos fiquem atentos, pois no momento oportuno convocaremos a categoria para avaliar o andamento da negociação coletiva”, informou.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios