Inicial / NOTÍCIAS / Osmar Teixeira lança livro sobre sua trajetória no rádio

Osmar Teixeira lança livro sobre sua trajetória no rádio

No livro que lança no dia 7 de novembro, o radialista e jornalista Osmar Teixeira oferece uma retrospectiva cronológica de sua trajetória e experiências vividas ao longo de meio século em que atuou na imprensa de Santa Catarina. Nele, faz reflexões sobre o jornalismo e o papel da imprensa. E apresenta uma visão pessoal a respeito dos variados assuntos que aborda no livro e que resumem sua intensa atividade na área da comunicação social.

E resgata alguns acontecimentos que chamaram a atenção por onde passou. Como o começo na rádio Princesa do Jacuí, em 1959,  e depois na rádio Cachoeira do Sul, ambas de Cachoeira do Sul (RS); o aprendizado na Cultura, de Joinville e a ascensão na Guarujá, de Florianópolis; estar entre os pioneiros nas televisões Cultura e  RBS-TV e RCE, de Florianópolis; a prática do jornalismo diário no jornal A Notícia como correspondente e depois  dirigindo a sucursal de Florianópolis; o trabalho nas assessorias de imprensa das secretarias estaduais da Saúde, de Imprensa, da Casa Civil e da Indústria e Comércio; a versatilidade no Tribunal de Contas do Estado;  na Assembleia Legislativa a constituinte e a televisão; a primeira assessoria na Federação do Comércio;mais de uma vez na agência de Florianópolis do BRDE;  e a participação efetiva nas diretorias executivas dos Sindicatos dos Radialistas, dos Jornalistas Profissionais e da Associação Catarinense de Imprensa/Casa do Jornalista.

Para Osmar Teixeira,que foi locutor noticiarista na Rádio Guarujá durante quase 14 anos, foram marcantes os contratempos provocados pela falta da liberdade de expressão e pela angústia que sentia com a lenta transição da ditadura militar para o regime democrático. No cotidiano, prevalecia a prudente ousadia para afastar a autocensura no convívio tenso com os censores.

Destaque para o importante papel de mobilização social desempenhado pela imprensa durante aquele tempo nebuloso que se abateu sobre os brasileiros.Tal como uma maratona sem linha de chegada, o trabalho da imprensa, responsável, qualificado e ético, continua sendo um dos pilares da democracia em construção no Brasil.

O autor registra o indispensável apoio da Associação Catarinense de Imprensa, da Academia Catarinense de Letras e da Editora Unisul, que tornaram possível contar suas histórias para os leitores.

O lançamento está marcado para o dia 7 de novembro, a partir das 19 horas, na Academia Catarinense de Letras, sita na Avenida Hercílio Luz, 523, centro, Florianópolis.

Tente também

Nota pública da FENAJ contra comentários racistas do jornalista William Waack

A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), por meio da Comissão Nacional de Jornalistas pela Igualdade Etnicorracial …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: