sexta-feira, dezembro 9, 2022
InícioNOTÍCIASSindicato aguarda lei que regula acesso de jornalista no serviço público estadual

Sindicato aguarda lei que regula acesso de jornalista no serviço público estadual

O presidente do Sindicato dos Jornalistas está confiante de que o acesso dos jornalistas ao serviço público terá regulamentação em breve. “Aguardamos o envio de um texto do Executivo Estadual para a Assembléia Legislativa, ou a apreciação, pelos deputados estaduais, do veto do governador ao Projeto de Lei 63/2010”.

Desde o início de 2011, o Sindicato trabalha no sentido de ver aprovada uma lei que estabeleça parâmetros para o acesso de jornalistas ao serviço público estadual, o que “deve ser um reconhecimento aos 16 cursos de jornalismo existentes em Santa Catarina, e a todos os acadêmicos, aos formados e professores”, frisou Lunge.

O governador Raimundo Colombo defendeu, na campanha eleitoral e depois de empossado, que uma das qualidades do Estado é prestar serviços de excelência aos cidadãos. A formação superior para os jornalistas, portanto, vai ao encontro do discurso do governo. O Sindicato aponta que a Universidade, nos dias atuais, é essencial para o conhecimento que capacita pessoas para as atividades profissionais, e deste contexto não estão excluídos os jornalistas.

Nesta segunda-feira, o Sindicato realizou contatos com mais 17 assessores de imprensa de deputados estaduais, agradecendo o empenho que tiveram até aqui em defesa da formação superior em jornalismo e convocando-os para que permaneçam atentos e em diálogo com seus assessorados no sentido de manter o espírito do PL 63, apresentado pelo deputado e jornalista Kennedy Nunes no ano passado. Aprovado por unanimidade na Assembléia, o projeto exige a formação superior em jornalismo para os cargos de jornalista.

Com os contatos da última sexta-feira, 24 jornalistas receberam informações do Sindicato sobre o PL 63 e a sua retirada da lista de votação de veto, ocorrida quinta passada pelo líder do governo, Elizeu Mattos. Dos 40 deputados estaduais de Santa Catarina, oito não tem ou não tinham assessoria de jornalista até a semana passada. Nesta terça-feira, Lunge continua em atividade na Assembléia Legislativa, seguindo depois para trabalhos junto a assessores de imprensa de vereadores de Florianópolis. Semana passada, o Sindicato reuniu os jornalistas da TV Câmara.

Legenda: Diretores do SJSC em manifestação em defesa da profissão de jornalista no dia do julgamento do STF, e, junho de 2009. Foto de Luiz Stefannes

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios