sexta-feira, dezembro 9, 2022
InícioAÇÃO SINDICALPatrões apresentam posições diferentes e negociação é adiada

Patrões apresentam posições diferentes e negociação é adiada

O Sindicato dos Jornalistas de SC cobrou dos sindicatos patronais de jornais e revistas e de rádio e TV, em nova reunião na quarta-feira (21/06), um posicionamento preliminar para que o processo negocial possa evoluir. Isto porque, embora as duas contrapropostas patronais apresentadas na semana passada sejam ruins, uma delas na prática busca apenas reproduzir para os jornalistas o que está consagrado na convenção coletiva dos radialistas, inclusive o piso de R$ 1.120.

Uma novidade que precedeu a reunião foi o conhecimento do “inteiro teor” da contraproposta patronal de jornais e revistas, encaminhada por escrito ao SJSC no final da tarde de segunda-feira (19). “Ela é ainda pior do que foi antecipado na semana passada”, considera o presidente do SJSC, Aderbal Filho. “Além de arrocho salarial de metade da inflação, propuseram um reajuste fixo de R$ 68 pra quem ganha mais de R$ 3.465 e ainda querem enfraquecer a organização sindical dos jornalistas. Isto é inaceitável”, critica.

Nesta quarta-feira, os representantes dos jornalistas informaram que não foi possível fazer uma análise completa das propostas, mas que era necessária uma definição “conceitual” para a negociação evoluir. Nela é preciso ficar claro que o exercício das funções jornalísticas independe de qualquer plataforma, impressa, digital, ou eletrônica. E isso deve se explicitar na definição do reajuste e piso salarial da categoria. Daí em diante pode-se partir para as especificidades de cada segmento.

Este debate evidenciou uma divergência entre os dois sindicatos patronais. O de jornais e revistas deixou clara sua concordância com este conceito, mas o de Rádio e TV não. Por isso os negociadores do SJSC pediram que as direções das duas entidades patronais aprofundem este debate para que a negociação possa avançar.

A próxima rodada de negociação ficou agendada para o dia 5 de julho.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios