InícioNOTÍCIASNOTA DE REPÚDIO: Agente de segurança pública agredir jornalista é inadmissível

NOTA DE REPÚDIO: Agente de segurança pública agredir jornalista é inadmissível

Repercutiu negativamente a manifestação no Facebook do delegado da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC), Laurito Akira Sato, não apenas pela linguagem de baixo calão, como também pelo tom intimidatório e de ameaça, não condizente com a função pública de um servidor estadual.

O Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina (SJSC) repudia veementemente tal postura ao mesmo tempo em que manifesta sua solidariedade ao jornalista do Diário Catarinense, Rafael Martini, alvo dos impropérios do agente de segurança pública.

Diretoria do SJSC
21 de fevereiro de 2013.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios