segunda-feira, novembro 28, 2022
Google search engine
InícioNOTÍCIAS6° Concurso Tim Lopes de Jornalismo Investigativo recebe inscrições até 15 de...

6° Concurso Tim Lopes de Jornalismo Investigativo recebe inscrições até 15 de fevereiro

Podem se inscrever jornalistas de diferentes tipos de veículos, além de estudantes e professores de cursos de comunicação.

Até a meia noite do dia 15 de fevereiro de 2012, o site www.andi.org.br/timlopes receberá os registros dos projetos inscritos na VI edição do Concurso Tim Lopes de Jornalismo Investigativo. Podem participar repórteres, editores e chefes de reportagem dos diferentes tipos de veículos (impresso, rádio, televisão, web e veículos comunitários ou alternativos), além de estudantes e professores de cursos de comunicação. O concurso tem como temática fixa “Imprensa e sociedade aliadas no enfrentamento da violência sexual contra crianças e adolescentes”.Este ano o tema da categoria especial é “Exploração sexual de crianças e adolescentes no setor turístico brasileiro”, aberta a candidatos de todas as mídias.
O Concurso Tim Lopes de Jornalismo Investigativo é uma iniciativa da ANDI – Comunicação e Direitos e da Childhood Brasil e conta com o apoio do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) e da Organização Internacional do Trabalho (OIT). Além disso, conta com o apoio do Portal Imprensa na divulgação. O projeto é uma homenagem ao jornalista Tim Lopes, que foi assassinado em 2002 enquanto investigava casos de exploração sexual de adolescentes em uma favela do Rio de Janeiro.

Sobre o apoio financeiro e a premiação
Os jornalistas que tiverem seus projetos selecionados pela comissão julgadora (formada por especialistas em violência sexual e profissionais de comunicação) receberão uma bolsa de apoio para o desenvolvimento das reportagens, de acordo com a natureza do veículo no qual atuam (consulte quadro abaixo).

VALOR DA BOLSA DE INCENTIVO À PRODUÇÃO
Mídia Impressa – R$ 10.500,00
Rádio – R$ 10.500,00
TV – R$ 16.000,00
Mídia Alternativa – R$ 10.500,00
Especial – R$ 10.500,00 ou R$ 16.000,00 (De acordo com o tipo de veículo vencedor: R$ 10.500,00 para Rádio, Mídia Impressa e Mídia Alternativa; e R$ 16.000,00 para TV)

Apoio técnico – Além do incentivo financeiro, o Concurso Tim Lopes também oferece o apoio de consultores especializados no tema, que ficam à disposição dos jornalistas para responder dúvidas e orientar os profissionais durante a coleta de informações e produção das matérias.
Como participar – Os jornalistas, professores e estudantes interessados devem inscrever seus projetos por meio de um formulário específico que está disponível no site www.andi.org.br/timlopes. O projeto deve incluir uma Proposta de Pauta de forma detalhada, apresentando: justificativa, roteiro de produção da matéria ou série de reportagens, fontes de informação que serão ouvidas, previsão dos gastos que serão realizados, entre outras informações. No site também está disponível o Regulamento completo do concurso.
Dica da VI Edição – O guia de referência constitui a primeira de uma série de publicações que a ANDI – Comunicação e Direitos planeja lançar como parte do Projeto Jornalista Amigo da Criança, iniciativa implementada a partir do patrocínio da Petrobras e apoio do Fundo das Nações Unidas para a Infância – UNICEF. A proposta é oferecer aos profissionais da imprensa – dos mais diferentes veículos – orientações de fácil manuseio, com vistas a uma cobertura mais qualificada sobre temas da agenda social brasileira, em especial aqueles relacionados aos direitos de crianças e adolescentes.
A publicação, portanto, foi elaborada com o objetivo de servir como manual de consulta, trazendo um conjunto de orientações e diretrizes para o aprimoramento da cobertura sobre Exploração Sexual Infanto-juvenil.
Para ter acesso à publicação, basta acessar aqui.
Edições anteriores – Entre no site do Concurso para conhecer os projetos vencedores das edições anteriores. Acesse www.andi.org.br/timlopes
Sobre a ANDI – Comunicação e Direitos – www.andi.org.br
A ANDI – Comunicação e Direitos é uma organização não governamental criada formalmente em 1993 (mas atua de maneira voluntária desde 1990) pelos jornalistas Âmbar de Barros e Gilberto Dimenstein para promover e qualificar a cobertura da imprensa sobre temas relacionados à infância e adolescência.
O fortalecimento de um diálogo profissional e ético entre redações, faculdades de comunicação e entidades ligadas à agenda do desenvolvimento sustentável e direitos humanos estão no cerne da atuação da organização, que ampliou oficialmente em 2011 sua abrangência para as áreas de inclusão e sustentabilidade e políticas de comunicação.
Sobre a Childhood Brasil – A CHILDHOOD BRASIL é uma organização brasileira e faz parte daWorld Childhood Foundation (Childhood), organização internacional criada em 1999 por Sua Majestade Rainha Silvia da Suécia para proteger a infância e deixar as crianças serem crianças.
Há 12 anos a CHILDHOOD BRASIL luta por uma infância livre de abuso e exploração sexual. Com 19 programas próprios e apoio a 98 projetos até o momento, a organização já beneficiou mais de 1,3 milhão de pessoas, entre crianças e adolescentes, seus familiares e profissionais de diferentes setores.
A organização apoia projetos, desenvolve programas regionais e nacionais, influencia políticas públicas e transforma a vida de muitas crianças e adolescentes. Também educa os diferentes agentes, orientando como cada um pode agir para lidar com o problema, promovendo a prevenção e formando proteção em rede para meninos e meninas.
Com sede em São Paulo, a CHILDHOOD BRASIL é certificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) e Entidade Promotora dos Direitos Humanos.

Informações:
ANDI – Comunicação e Direitos
Tiago Machado – timlopes@andi.org.br / tmachado@andi.org.br
Site: www.andi.org.br
Telefone: (61) 2102-6508
FAX: (61) 2102-6550
SDS – Ed. Boulevard Center, Bloco A sala 101
CEP: 70.391-900 – Brasília – DF

Childhood Brasil
Profession Comunicações
Esther Alvarenga–esther@profession.com.br
Lorena Costa–lorena@profession.com.br
Telefone: (11) 3816-3769
Celular: (11) 6483-0282

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios