InícioAÇÃO SINDICALPresidenta da FENAJ debate machismo no jornalismo na UFSC

Presidenta da FENAJ debate machismo no jornalismo na UFSC

Na Roda de Conversa “O jornalismo e as questões de gênero”, realizada no dia 8 de março, no Varandão do Centro de Comunicação e Expressão da UFSC, a presidenta da FENAJ, Maria José Braga, destacou que as mulheres são a maioria da categoria dos jornalistas. Porém, as diferenças de gênero implicam em diversos graus de desigualdade, não apenas econômicos, mas também, o assédio moral, sexual e a discriminação.

O evento foi organizado pelo Coletivo Jornalismo sem Machismo, Centro Acadêmico Livre de Jornalismo, Curso e Departamento de Jornalismo da UFSC, Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina (SJSC), Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da UFSC (POSJOR) e FENAJ.

“Nas relações de trabalho do jornalismo, o machismo está ainda muito presente”, sustentou Maria José Braga.  Ela destacou dados da pesquisa Quem é o jornalista brasileiro?, realizada em 2012 pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política da UFSC, em convênio com a FENAJ, que apontam que os jornalistas brasileiros são majoritariamente mulheres (64%), que a maioria delas é branca, solteira, com até 30 anos. Os dados apontam, ainda, que as mulheres jornalistas, mais jovens, ganhavam menos que os homens; eram maioria em todas as faixas até 5 salários mínimos e minoria em todas as faixas superiores a 5 salários mínimos.

Maria José também fez referência, também a uma pesquisa da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, segundo a qual, em 2015, as mulheres eram 26% entre os colunistas de O Globo, 27% na Folha de São Paulo e 28% no Estadão. “Somos minoria não só entre os colunistas, mas também entre os que ocupam cargos de chefia, que geralmente tem salários mais altos” disse.

Na oportunidade, a presidente da FENAJ destacou, também, o lançamento oficial, neste 8 de março, da Comissão Nacional das Mulheres Jornalistas, e convidou os participantes do debate a participarem das atividades que a Comissão passará a desenvolver em parceria com os Sindicatos de Jornalistas. As representantes do Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina na Comissão são Linete Brás Martios e Tânia Machado de Andrade.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments

Daniel A. Santos on Legislação dos jornalistas
Antônio Carlos Costa on As multidões e os protestos
FERNANDO MARGHETTI NUNES on Dez desejos para o jornalismo em 2016
leonelcamasao on Legislação dos jornalistas
Maria Tercilia Bastos on Nota de pesar
valmor on Convênios
Vilma Gomes Pinho on Convênios