Inicial / Identidade de Jornalista

Identidade de Jornalista

carteira_fenaj1Carteira Nacional de Jornalista (carteira da FENAJ)

A carteira da Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), de acordo com a lei 7.084, de 21 de fevereiro de 1982, é aceita oficialmente como documento de identidade em todo o território nacional. Esta carteira é emitida pela FENAJ, por meio dos Sindicatos filiados e, desde 2010, vem no formato de cartão magnético, com chip de identificação. O documento é válido por três anos.

Para requerê-la é necessário dirigir-se ao sindicato munido]de uma foto 3×4 (recente e com fundo branco) e dos seguintes documentos: cópia do diploma do Curso de Comunicação – Habilitação em Jornalismo (excetuando-se repórteres fotográficos, repórteres cinematográficos, diagramadores, chargistas e ilustradores) e da página com Registro Profissional na Carteira de Trabalho. Na Secretaria do SJSC serão coletadas a assinatura e a impressão digital, que serão impressas no cartão.

Para requerer ou renovar a carteira, o custo é de R$ 85,00 para jornalistas sindicalizados e em dia com a tesouraria e de R$ 170,00 para inadimplentes com a Tesouraria. A carteira custa R$ 340,00 para jornalistas não sindicalizados. O pagamento é feito por meio de boleto bancário emitido pelo sistema da Federação Nacional dos Jornalistas. As carteiras levam em média duas semanas para ser produzidas e remetidas pelo correio. 

Carteira Internacional de Imprensa (carteira da FIJ)

A carteira internacional de imprensa é emitida pela FIJ (Federação Nacional dos Jornalistas) e tem validade de dois anos, somente para sócios do Sindicato com pelo menos seis meses de contribuição. Para emissão da carteira, envie uma fotocópia da carteira da FENAJ (Federação Nacional dos Jornalistas), duas fotos 3×4 recentes e € 50 (cinquenta euros). Para renovação envie para o Sindicato a carteira vencida, uma foto 3×4 recente, uma cópia da carteira da FENAJ (dentro do prazo de validade) e € 50 (cinquenta euros). Esta carteira é emitida exclusivamente aos filiados do Sindicato. Para os associados em atraso o custo é de € 80 (oitenta euros) e os jornalistas não sindicalizados não podem fazer esta carteira.

Caso os documentos – para qualquer uma das carteiras – sejam enviados pelo Correio , o comprovante de depósito bancário (Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Santa Catarina, c/c 238-3, agência 408, operação 003, da Caixa Econômica Federal) deve ser enviado junto. Se houver necessidade de o Sindicato devolver a carteira (nacional ou internacional) será cobrado o valor de R$ 20,00 para despesas com Sedex (válido para localidades dentro de Santa Catarina. Se o envio do documento for para fora do país, consulte os valores conosco).