Inicial / CRÍTICA DE MÍDIA (página 3)

CRÍTICA DE MÍDIA

Sobre provas, convicções, manipulações e sujeitos coletivos

Sylvia Debossan Moretzsohn Professora de jornalismo da UFF e pesquisadora do objETHOS O show da força-tarefa da Operação Lava Jato na acusação do ex-presidente Lula como o grande capo da “propinocracia” não gerou apenas um meme de grande impacto. Produziu também uma enorme ironia: a insinuação de manipulação de informações, …

Leia mais »

Capas, Golpes e Editoriais: o Déjà Vu de O Globo

Jeana Laura da Cunha Santos Pós-doutoranda no POSJOR/UFSC e pesquisadora do objETHOS Na semana que passou, acontecimentos impactantes na política brasileira apimentaram o jornalismo de opinião praticado pelos veículos de comunicação. Charges, editoriais, artigos, comentários e até notícias e reportagens que se diziam isentas apontaram suas angulagens tendenciosas para apenas …

Leia mais »

Jornais estrangeiros vieram à Olimpíada para confirmar teses prontas

Evandro de Assis Mestrando em Jornalismo no POSJOR e pesquisador do objETHOS Encerrados os primeiros Jogos Olímpicos da América do Sul, é tempo de avaliações. Nas próximas semanas, meses e anos descobriremos que legado deixou a Rio 2016 – para o esporte, para o Rio de Janeiro e para o …

Leia mais »

Folha, Datafolha: a fraude monumental e a normalização do golpe

Sylvia Debossan Moretzsohn Professora de jornalismo da UFF e pesquisadora do objETHOS Quando a Folha de S.Paulo publicou, na manchete de sua edição de domingo (14/7), uma pesquisa que destacava o apoio de metade da população brasileira à permanência de Michel Temer na presidência, muita gente estranhou. Afinal, outras pesquisas …

Leia mais »

Onde mora a reportagem?

Rogério Christofoletti Gerações acreditaram que lugar de reportagem era nos jornais, revistas, telejornais e boletins de rádio. Era neles que desfilavam os fatos, que eram ouvidas as vozes mais esperadas e que o grande quebra-cabeças da realidade passava a fazer sentido. Foi assim por décadas e em quase todos os …

Leia mais »

A ética jogada para o “outro lado”

Sylvia Debossan Moretzsohn O princípio ético de “ouvir o outro lado” é uma das obrigações elementares de todo jornalista. Mais grave que descumpri-lo, porém, é a tentativa de apagar o erro – talvez fosse mais correto dizer a má fé –, incluindo posteriormente esse “outro lado”, sem qualquer indicação de …

Leia mais »

De jornalistas-cidadãos a cidadãos críticos do jornalismo

Lívia de Souza Vieira Doutoranda no POSJOR/UFSC e pesquisadora do objETHOS No final da década de 1970, a socióloga americana Gaye Tuchman escreveu a obra clássica “Making News: a study in the construction of reality”, com foco na produção de notícias dentro das redações jornalísticas. Para isso, Tuchman partiu de …

Leia mais »

Escola “sem partido”, corpo sem alma

Samuel Lima O fato ocorreu na cidade de Dayton, no Tennessee, em 1925. O professor de biologia John Thomas Scopes foi preso, julgado e condenado por ensinar a teoria da Evolução, de Charles Darwin, em uma escola pública. Uma lei municipal o impedia de trabalhar esse conteúdo em sala de …

Leia mais »

RBS e a violência contra a mulher

Leonel Camasão Mestrando no POSJOR/UFSC e pesquisador do objETHOS As notícias sobre a atriz Luiza Brunet saltaram das colunas sociais e sites de fofoca para o centro da pauta nos principais veículos de comunicação nesta semana. Em entrevista ao jornal O Globo, a Madá da novela O Velho Chico acusa o ex-companheiro de grave caso de …

Leia mais »

Por que não jornalismo público?

Mariana Rosa Mestranda no POSJOR e pesquisadora do objETHOS Quando se fala em jornalismo público no Brasil costumamos ter uma forte tendência à desconfiança. A ideia majoritária no senso comum e sobretudo entre os próprios jornalistas parece ser de que o jornalismo feito em instituições públicas é sinônimo de censura e falta …

Leia mais »